Bovespa acumula valorização de 7,40% no ano, e fecha acima dos 60 mil pontos

Do UOL Economia, em São Paulo

A Bolsa brasileira fechou no azul nesta sexta-feira (28), no último pregão do ano. O Ibovespa, principal índice de ações na Bolsa paulista, avançou 0,89% no dia, aos 60.952,08 pontos.

Ao longo de 2012, a Bovespa acumulou ganhos de 7,40%, maior alta desde 2009. Com isso, reverteu parte do prejuízo registrado no ano anterior, quando tombou 18,11%. 

Melhor e pior

As ações campeãs no ano foram Hypermarcas e B2W, com valorização de 95,53% e 88,89%, respectivamente.

A OGX, empresa de petróleo do grupo EBX, de Eike Batista, foi a pior aposta do ano, com desvalorização de 67,84%.

Setores

Segundo a consultoria Economatica, o setor de melhor desempenho no ano foi o de empresas de comércio, com 64,06% de valorização média.

Já entre as maiores perdas no ano, estão empresas da aérea de petróleo e gás (-26,29%) e energia elétrica (-17,32%).

Previsão para 2013

"2012 foi um ano complicado, de ingerências do governo brasileiro em alguns setores da economia, em que a China reduziu projeções de crescimento. Esses fatores afetaram os preços das ações de empresas que têm o maior peso no Ibovespa, como Vale, Petrobras, siderúrgicas e bancos", afirmou à Reuters Illan Besen, especialista em renda variável da Icap Brasil no Rio de Janeiro.

Durante o ano, o Ibovespa chegou a acumular queda de 7,5 por cento, em junho. Na máxima, em março, a alta no ano chegou a ser de 20,5 por cento.

"Para 2013, vemos um potencial de alta, acreditamos que a economia interna deve se recuperar bastante. As medidas que o governo brasileiro tomou para estimular a economia devem ter efeito. Mas ainda é preciso ver como vai se desenhar essa questão do abismo fiscal", ressaltou Besen.

Dólar

O dólar comercial fechou praticamente estável nesta sexta-feira (28), com leve alta de 0,05%, cotado a R$ 2,045. Em dezembro, a moeda norte-americana recuou 4,04%. 

O dólar começou 2012 valendo R$ 1,734 e, ao longo do ano, acumulou valorização de 9,43%. Esse avanço, no entanto, foi menor do que o registrado em 2011 (12,15%).

(Com informações da Reuters)

Últimas de Economia



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos