UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/10/2009 - 16h36

Dólar cai a R$ 1,738, o menor valor desde 8 de setembro de 2008

Da Redação
Em São Paulo
A cotação do dólar comercial fechou esta quinta-feira em queda de 1,03%, a R$ 1,738 na venda, o menor valor desde 8 de setembro de 2008, quando fechou em R$ 1,735.

No mês, a moeda acumula perda de 1,97%.

Segundo analistas, o apetite dos investidores por risco aumentou hoje, impulsionando as Bolsas e minando a cotação da moeda. Contribuiu para a volta às compras as expectativas positivas com relação à retomada das principais economias.

Entre as notícias importantes que ajudaram nos negócios hoje, destaque para o balanço da Alcoa do terceiro trimestre, que teve o primeiro lucro após três trimestres de prejuízo.

"O mundo está voltando ao normal", disse Eric Kuby, diretor de investimentos da NorthStar Investment Management, em Chicago.

Outros números ajudaram a sustentar o otimismo. Os varejistas norte-americanos registraram o primeiro aumento mensal de vendas em mais de um ano.

Além disso, os EUA registraram menos pedidos de auxílio-desemprego do que o previsto por analistas. Os 521 mil registros da semana encerrada em 3 de outubro foram ainda o resultado mais baixo desde o começo de janeiro, segundo o Departamento de Trabalho.

Na Austrália, que surpreendeu o mercado no começo da semana ao ser a primeira economia do G20 a elevar a taxa de juros após a crise, a abertura surpreendente de postos de trabalho em setembro deu outro sinal de retorno à normalidade.

No Brasil, a queda do dólar refletiu também a percepção dos investidores de que o Banco Central não alterou sua estratégia diante da perspectiva de entrada contínua de capitais no país, como na estreia dos papéis do Santander na Bolsa, de acordo com analistas.

O dado que aponta compra de apenas US$ 58 milhões pelo BC nos dois primeiros dias de outubro.

(Com informações da Reuters)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host