UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/02/2010 - 15h23

Natura prioriza descentralização logística em 2010

Por Vivian Pereira

SÃO PAULO, 25 de fevereiro (Reuters) - Os investimentos anunciados pela Natura para este ano, da ordem de R$ 250 milhões, serão destinados principalmente à descentralização de sua estrutura de distribuição.

"O modelo logístico criado em 2000, centralizado em Cajamar (SP), hoje não funciona mais", disse o diretor-presidente da companhia, Alessando Carlucci, nesta quinta-feira.

Na noite de quarta-feira, a empresa de cosméticos anunciou que ampliará o investimento em 2010 em R$ 110 milhões em relação ao realizado em 2009.

O novo modelo de distribuição da companhia, no entanto, ainda é incerto. Segundo Carlucci, a Natura vem desenvolvendo, desde o final de 2009, uma revisão de sua atual estrutura logística, considerando os aspectos fabril e de distribuição. A análise deve ser concluída em cerca de três meses.

"O estudo vai revelar qual a melhor alternativa para a empresa, considerando sua atuação em território nacional e na América Latina", afirmou.

O executivo ressaltou, contudo, que a estratégia não deve incluir a construção de fábricas ou galpões pela companhia.

Ele afirmou ainda que, embora o foco para este ano esteja voltado ao aperfeiçoamento da malha logística da empresa, parte dos recursos anunciados será destinada ao aumento da capacidade produtiva.

MARKETING
Além dos R$ 250 milhões programados para este ano, a Natura conta com uma sobra de R$ 196 milhões previstos para a área de marketing --do total de R$ 400 milhões anunciados em 2009. De acordo com Carlucci, o valor será usado "conforme a necessidade".

"Estamos mais preocupados com a estratégia (de marketing) do que com o número e não temos um compromisso fixo de terminar esse valor", disse, acrescentando que os investimentos em marketing acompanharão os movimentos do mercado.

Na quarta-feira, a Natura reportou uma alta de 34,7% no seu lucro líquido do último trimestre de 2009 ante igual período de 2008, para R$ 186,6 milhões.
 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host