UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/03/2010 - 16h33

Dólar sobe a R$ 1,788, mas ainda tem perda de 1% no mês

Da Redação
em São Paulo

A cotação do dólar comercial fechou os negócios desta segunda-feira com alta de 0,11%, a R$ 1,788 na venda. No mês, a moeda já tem perda acumulada de 1,05%. No ano, o ganho ainda é de 2,58%.

 

Entre as principais notícias do dia, o mercado  brasileiro elevou a estimativa para a inflação no país em 2010. A expectativa, segundo boletim Focus publicado pelo Banco Central, é que o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) termine o ano em 4,99%, contra 4,91% previsto na semana anterior. Para o PIB (Produto Interno Bruto), a projeção foi mantida em 5,5%.

O governo brasileiro divulgou a lista com os produtos norte-americanos que sofrerão retaliação depois que os Estados Unidos subsidiaram os produtores de algodão locais prejudicando os exportadores brasileiros . Ao todo, o valor da sanção é de US$ 591 milhões. Outros US$ 238 milhões em retaliaçãoes devem ser aplicados nos setores de propriedade intelectual e serviços, mas ainda sem data definida.

Por conta da crise financeira pela qual passa a Grécia, que tem uma dívida bilionária para pagar, França e Alemanha estudam a criação de um FMI (Fundo Monetário Internacional) europeu. O objetivo é reforçar a cooperação econômica no continente e ajudar países da zona do euro que estiverem endividados.

Na China, o ministro do Comércio afirmou que qualquer aumento na taxa de câmbio do iuan será feito de forma gradual. Em meados de 2008, o país havia fixado a taxa cambial de sua moeda em cerca 6,83 iuans por dólar para evitar grandes perdas por seus exportadores no auge da crise mundial. Mas. o governo chinês tem sido pressionado por Estados Unidos e Europa para abandonar esta política já que sua economia mostrou rápida recuperação a exemplo dos sucessivos superavits comerciais que tem obtido.

(Com informações de BBC e Reuters)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host