UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/03/2010 - 17h14

Líder do UOL Invest valoriza ações em 14% só na 1ª semana do mês

Da Redação, em São Paulo

Em uma semana em que a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) conseguiu reverter as perdas acumuladas no ano e fechou o período em alta de 3,5%, Fábio Henrique Ferreira Piedade, de São Luís (MA), valorizou em 14,24% suas ações virtuais. Piedade é o líder do simulador de Bolsa UOL Invest na primeira semana de março.

Em segundo lugar, Marcos Kovac valorizou sua carteira em 12,69%. O terceiro maior ganho do mês foi alcançado por Caio Yan Carvalho de Moraes, de São Paulo (SP), que ganhou 12,37%. O período vai de 1 a 5 de março.


O UOL Invest permite que os internautas simulem compra e venda de ações, montando sua carteira exatamente como se estivessem operando na Bovespa, com um crédito fictício inicial em dinheiro. O serviço soma atualmente cerca de 71 mil usuários ativos.

ESTRATEGISTA INDICA AÇÕES PARA ESTA SEMANA

Novos participantes podem entrar no simulador em qualquer momento do ano e competem nas mesmas condições de todos.

Não é a própria aplicação na Bolsa, mas um sistema que simula as operações do mercado acionário.
 
É um instrumento que pode ser usado para quem pensa em investir em ações, mas quer antes experimentar como funciona.
 
Os mais bem classificados ganham prêmios. O vencedor do ranking anual Brasil recebe um pacote de viagem de uma semana para um resort, com direito a um acompanhante, e um notebook.
 
A ganhadora de 2009 foi a professora Carolina Mendes Barbosa Feriani, de Americana (SP).
 
Já os vencedores regionais ganham um curso relacionado ao mercado de ações em São Paulo. Por fim, quem conquistar a melhor performance mensal recebe passagens de ida e volta para uma cidade brasileira.
 
O participante tem acesso, ainda, a notícias sobre o mercado financeiro e às cotações dos papéis listados na Bolsa. O cadastro é grátis e aberto a todos os internautas.
 
O UOL Invest é uma realização do UOL em parceria com a BM&FBovespa (Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros), com apoio da Ordem dos Economistas do Brasil e da Enfoque Informações Financeiras. 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host