UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/03/2010 - 16h35

Dólar sobe a R$ 1,768, mas ainda perde 2,16% no mês

Da Redação, em São Paulo

A cotação do dólar comercial fechou esta terça-feira com alta de 0,23%, a R$ 1,768 na venda. Apesar do ganho, a moeda ainda tem perda acumulada de 2,16% no mês. No ano, entretanto, a valorização é de 1,43% .

 

Ao longo do dia, os analistas mantiveram a expectativa sobre a decisão de política monetária do banco central dos Estados Unidos, o Federal Reserve. O Fed optou por manter a taxa de juros do país em um intervalo entre zero e 0,25% e afirmou que deve mantê-la em um nível baixo por um bom tempo.

Mais cedo, o secretário do Tesouro norte-americano, Timothy Geithner, disse que as agências de classificação de risco não devem reduzir a nota da dívida dos EUA. Segundo ele, o país tem vontade política de restaurar sua posição fiscal e vai reduzir os deficits "dramaticamente" entre os próximos quatro ou cinco anos, em termos de proporção do Produto Interno Bruto (PIB).

Em mais um episódio de defeito em seus carros, a montadora Honda convocou 412 mil veículos para fazer recall no sistema de frenagem. De acordo com a empresa, o pedal do freio pode ficar paulatinamente mais próximo do chão, atrapalhando a sensação de freada.

No mercado doméstico, o mercado ainda negocia à espera da decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) sobre a taxa de juros brasileira. A reunião do órgão começa hoje e termina amanhã e a previsão da maioria dos analistas é que a Selic seja mantida em 8,75% ao ano.

(Com informações da Reuters )

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host