UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/05/2010 - 16h09

Bovespa chega a cair mais de 5% em dia tenso

Da Redação, em São Paulo

Os mercados vivem um dia de pânico com a crise da grécia nesta quinta-feira. A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) operou instável durante o dia, mas acelerou as perdas no meio da tarde. Por volta das 15h50, o Ibovespa (principal índice da Bolsa paulista) chegou a cair mais de 5%, ficando na casa dos 61mil pontos, o que não acontecia desde outubro do ano passado (siga gráfico da Bovespa com atualização constante).

Logo a seguir, a queda ficou um pouco menor. Em torno de 16h10, a Bolsa recuava 2,5%, aos 63.292,84 pontos. Veja ainda cotação das ações e fechamentos anteriores da Bolsa.

Em momentos de crise, a tendência é que a Bolsa caia e  o dólar suba. Os investidores muitas vezes abandonam as ações, o que faz os preços caírem, e compram dólares, o que faz o valor aumentar.

"O mercado se comportou como em um prenúncio de crise", afirmou Hamilton Moreira, analista do BB Investimentos, em entrevista à agência de notícias Reuters.

No pregão anterior, a Bolsa conseguiu interromper um movimento negativo registrado ao longo de três pregões. Favorecido pelo desempenho da Vale (VALE3 e VALE5), o mercado brasileiro fechou praticamente estável, com leve alta de 0,07%, aos 64.914 pontos..

Apesar do pequeno fôlego conseguido pela Bovespa, as preocupações com relação à situação econômica da Grécia e o temor de que a crise se espalhe para outros países europeus seguem ditando o rumo dos negócios.

O ministro das Finanças grego, George Papaconstantinou, afirmou hoje que a única esperança da Grécia contra um colapso recai no pacote de resgate da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI).

No Brasil, além da ata referente à última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, os agentes observam o desempenho da indústria automobilística em abril, com os dados da Anfavea.

(Com informações da Reuters e Valor)
 

 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host