UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/05/2010 - 17h31

Bolsa sobe 1,7%; dólar fecha quase estável, a R$ 1,869

da Redação, em São Paulo

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) fechou em alta nesta quarta-feira após dois dias registrando quedas. O Ibovespa (principal indicador da Bolsa paulista) subiu 1,7%, aos 60.190,36 pontos.

No mês, o Ibovespa acumula perda de 10,87%, enquanto no ano a desvalorização é de 12,24%.

Após passar quase todo o dia em queda, o dólar comercial fechou praticamente estável. A moeda norte-americana teve uma ligeira alta de 0,05%, cotada a R$ 1,869 na venda. Em maio, o dólar já acumula valorização de 7,54%. No ano, a alta é de 7,23%.

Com tem feito nos últimos dias, o Banco Central (BC) voltou a comprar moeda americana em leilão no mercado à vista. De acordo com comunicado do Departamento de Operações de Reservas Internacionais (Depin), a operação teve início às 15h40 e terminou às 15h50. A taxa aceita ficou em R$ 1,855.

Na quarta-feira, o dólar chegou a superar a casa do R$ 1,90, mas recuou no final do dia.

"Era um pouco de correção. Ontem o mercado tinha melhorado (no final do dia), mas não deu tempo do câmbio se recuperar", afirmou Rossano Oltramari, analista da corretora XP Investimentos.

"Os investidores aproveitaram um pouco as pechinchas dos últimos dias (após a forte queda de ações e outros ativos) para comprar um pouco mais de risco", acrescentou.

As principais bolsas europeias fecharam em alta depois de terem registrado na véspera fortes quedas devido às preocupações provocadas pela crise fiscal no continente.

Na Ásia, após a forte queda de ontem, os mercados fecharam em alta com os investidores buscando pechinchas de ocasião. O índice de Hong Kong se recuperou e subiu 1,1%, depois de cair ao menor nível em mais de dez meses.

(Com informações de Agência Estado e Reuters)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host