UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 16h37

Dólar sobe 0,83% e vai a R$ 1,836

Da Redação, em São Paulo

O dólar comercial fechou em alta pelo segundo dia seguido nesta terça-feira. A moeda norte-americana subiu 0,83%, cotada a R$ 1,836 na venda.

O Banco Central (BC) mantém as atuações diárias no câmbio e voltou a comprar dólar em leilão no mercado à vista. De acordo com comunicado do Departamento de Operações de Reservas Internacionais (Depin), a operação teve início às 12h34 e terminou às 12h44. A taxa aceita ficou em R$ 1,822.

SAIBA POR QUE O DÓLAR VARIA TANTO

De acordo com o operador de câmbio de uma corretora, que não quis ser citado, houve uma entrada pontual de recursos que ajudou a aliviar a alta da moeda norte-americana na metade do dia. Outros profissionais, entretanto, não confirmaram.

Nesta terça-feira, os mercados repercutiram a informação de que o índice de desemprego na zona do euro chegou a 10,1% da população ativa, o que representa um novo recorde desde a criação do espaço monetário de 16 países em 1999.

Segundo os dados do Eurostat, a agência de estatísticas do bloco, em abril, a região tinha 15,86 milhões de pessoas à procura de emprego.

As principais Bolsas europeias fecharam em queda, com exceção para a Bolsa de Frankfurt que subiu 0,28%.

Na Ásia, o menor ritmo de crescimento da atividade manufatureira chinesa afetou o movimento nos mercados fazendo com que os principais índices das Bolsas no continente terminassem em queda.

No Brasil, foi divulgado que a produção industrial teve queda de 0,7% entre março e abril, na série com ajuste sazonal. Perante o quarto mês de 2009, no entanto, o indicador subiu 17,4%, No acumulado deste ano, houve expansão de 18%. Em 12 meses, a alta correspondeu a 2,3%, a primeira leitura positiva desde janeiro de 2009 (1%), segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior mostraram um resultado acima do esperado para o superavit comercial do país em maio, com US$ 3,443 bilhões --acima dos US$ 2,623 bilhões registrados no mesmo período de 2009.

 (Com informações de Reuters e Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host