UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/07/2010 - 16h37 / Atualizada 20/07/2010 - 17h15

Dólar tem queda de 0,67% e vai a R$ 1,774

Da Redação, em São Paulo

A cotação do dólar comercial fechou em queda de 0,67% nesta terça-feira, a R$ 1,774 na venda, após quatro dias seguidos de valorização. No mês, a moeda norte-americana acumula queda de 1,66%. No ano, porém, ainda tem ganho de 1,78%.

O Banco Central (BC) manteve as atuações diárias no câmbio e voltou a comprar moeda americana em leilão no mercado à vista. A taxa aceita ficou em R$ 1,774.

 

O respiro no exterior ajudou o dólar a manter-se abaixo de R$ 1,80, nível atingido na abertura dos negócios pela primeira vez em quase um mês. Ainda assim, operadores no Brasil comentaram que havia pouco fôlego para uma nova alta do dólar após quatro sessões seguidas de valorização.

"Quando chega nesse nível de R$ 1,80, já começa a aparecer vendedor", disse Francisco Carvalho, gerente de câmbio da BGC Liquidez. Moacir Marcos Júnior, operador de câmbio e especialista em hedge da corretora Interbolsa, teve avaliação semelhante. "Nesse R$ 1,80, a gente vendeu muito."

Para analistas do banco Brown Brothers Harriman, em Nova York, a explicação para o pequeno intervalo de cotações do real tem relação com o alto rendimento pago por aplicações brasileiras, que mantém uma tendência de queda, e o "obstáculo" que o piso de R$ 1,75 tem oferecido em contrapartida.

Nos mercados de dólar futuro e de cupom cambial, os estrangeiros exibiam pouco mais de US$ 6 bilhões em posições vendidas na moeda norte-americana, segundo a BM&FBovespa - mesmo patamar de julho de 2008.

(Com informações da Reuters)
Hospedagem: UOL Host