UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/09/2010 - 07h00

Vale ultrapassa Petrobras na Bolsa pela 1ª vez desde 2006

Anne Dias

As ações da Vale ganharam mais importância do que as da Petrobras na Bolsa. Pela primeira vez desde 2006, as ações da Vale passaram a ser mais negociadas do que as da Petrobras.

No Índice Bovespa (Ibovespa), que é a principal métrica do mercado de ações e é composto pelos papéis mais negociados na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), a ação preferencial da Vale (VALE5) -que possui preferência na hora de receber dividendos, mas não tem direito a voto- representa 10,748%, enquanto a preferencial da Petrobras (PETR4), 9,709%.

Os dados foram calculados com base nos dados entre maio e agosto deste ano. A carteira do Ibovespa é revista a cada quatro meses. O Ibovespa em vigor, que vai até 30 de dezembro, tem 68 ativos de 62 empresas, que correspondem a 90% do volume financeiro diário.

No Ibovespa anterior, a ação preferencial Petrobras detinha 11,018% da carteira, enquanto que a da Vale estava com 10,766%.

Segundo a BM&FBovespa, desde 2006 a Petrobras era a ação com maior participação no Ibovespa. A Petrobras só perdeu seu posto na atual carteira.

Segundo um analista de mercado de uma grande corretora paulistana que prefere não se identificar, a Vale ultrapassou a Petrobras por conta da queda das ações da estatal.

“Mas a Vale ficará em primeiro por pouco tempo, uma vez que a expectativa é de que as ações da Petro voltem a subir após a capitalização”, afirma o analista.

Segundo a BM&FBovespa, para entrar ou sair do Ibovespa, uma ação tem de estar incluída em uma relação de ações cujos índices representem 80% do valor acumulado de todos os índices individuais.

Além disso, deve apresentar participação em volume superior a 0,1% do total e ter sido negociada em mais de 80% do total de pregões do período.

 

Hospedagem: UOL Host