Bolsas

Câmbio

Análise de currículo: Informações sobre religião e vida familiar são desnecessárias

Da Redação

Em São Paulo

Marcelo Abrileri, presidente da Curriculum, analisa o currículo profissional de um internauta graduado em Tecnologia em Sistemas de Informação.

Segundo o especialista, é desnecessário informar sobre hábitos, religião, se tem filhos e quantos são. Estes assuntos devem ser reservados para as entrevistas e apenas se o candidato for questionado sobre isso. "Mesmo assim, é importante saber que perguntas sobre religião podem ser consideradas discriminatórias", alerta Marcelo.

  • Hussein Malla/AP

    Assuntos como religião devem ser tratados apenas se o candidato for questionado sobre isso

 

 

 

Houve um exagero no tamanho da fonte usada no nome do profissional. Este destaque deveria ser dado ao objetivo profissional.

Informações sobre a formação geralmente compõem um dos principais tópicos no currículo juntamente com experiências profissionais e devem estar numa seção exclusiva. Para o especialista, é interessante informar quando os cursos foram concluídos. O profissional deve padronizar melhor a forma de apresentar a carga horária (exemplo: 10 horas e não 10:00 h).  Não é necessário numerar os cursos.

Com relação às experiências, mencionar apenas mês e ano é suficiente. Apesar de não ser padrão, colocar os cargos do profissional e depois as empresas onde eles foram exercidos é uma alternativa. Porém, isso pode não funcionar muito bem quando o profissional foi promovido e exerceu mais de um cargo numa mesma empresa.

"Uma boa opção é informar primeiro, como título, o nome da empresa. Depois o(s) cargo(s) exercido(s) nela", diz o executivo.

Escrever um longo parágrafo para cada cargo pode dificultar a leitura do currículo para os selecionadores. Elabore frases com 15 a 25 palavras contendo verbos de ação adequados à realização, incluindo as noções do que foi feito, como foi feito e quais os bons resultados atingidos para a empresa.

Os objetivos profissionais apontam para muitas possibilidades e não apresentam destaque. O objetivo deve constar em texto com fonte grande, quase como a que o profissional usou para o seu nome, com pouco texto, centralizado na página, definindo claramente uma hierarquia e uma área, ou áreas correlacionadas. Por exemplo: objetivo profissional: analista de sistemas e suporte. Mas cuidado, pois quanto mais áreas, menor é o foco. Por outro lado, quanto mais específico, mais restritiva é a prospecção de novas oportunidades.

É recomendável que a pretensão salarial seja informada somente mediante solicitação expressa da empresa em caso de respostas a anúncios de emprego.

Já as informações sobre obtenção de conhecimentos específicos como PHP, metodologia de desenvolvimento em scrum e outros podem ser direcionados para a seção de Qualificações em Software e Tecnologia.

Não coloque referências no currículo. Elas devem ser entregues apenas pessoalmente, nas entrevistas presenciais, apenas se forem solicitadas.

"As pessoas que são referências devem estar preparadas para não se atrapalhar ao responder sobre o profissional em caso de eventuais contatos. Este é um assunto delicado, pois uma referência despreparada para atender a este tipo de chamado pode prejudicar em vez de ajudar", diz Marcelo.

Por fim, o especialista diz que o candidato não deve usar local e data no currículo, pois o recrutador pode ter acesso a um documento arquivado há algum tempo e ao olhar uma data antiga pode se sentir desestimulado.

Escolha dos currículos

O UOL Empregos publica, duas vezes ao mês, análises de currículos onde consultores sugerem mudanças a um resumo profissional selecionado entre os enviados à Redação.

Para selecionarmos o resumo profissional analisado, buscamos um exemplo que apresente problemas comuns à maioria dos currículos recebidos. Os dados pessoais e os nomes das empresas e instituições são retirados: usamos denominações como empresa A, escola X.

Se você quiser enviar seu currículo para análise, mande-o, anexado, ao e-mail uolempregos@uol.com.br, com o assunto "Análise de currículo".

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos