Bolsas

Câmbio

Com dólar em alta, é mais vantajoso viajar à Europa do que aos EUA?

Sophia Camargo

Do UOL, em São Paulo

  • Thinkstock

O dólar tem subido sem trégua neste ano, o que encarece as viagens para o exterior. De janeiro até sexta-feira (20), a moeda norte-americana subiu 8,28%. No mesmo período, o euro subiu bem menos, 1,47%.

Para não desistir da viagem internacional, vale a pena trocar o destino e ir para a Europa em vez de Estados Unidos ou Caribe?

Não se pode esquecer que, mesmo subindo menos, o euro é mais caro de comprar do que o dólar. R$ 1.000 valiam 306 euros pela cotação dessa quarta-feira (25). Os mesmos R$ 1.000 compravam US$ 349 pela cotação comercial.

A definição para o turista depende do destino escolhido. "Viajar para os Estados Unidos normalmente sai mais barato do que ir para a Europa mesmo com o dólar subindo mais", afirma Leonel Rossi, diretor de Relações Internacionais da Abav Nacional (Associação Brasileira de Agências de Viagens).

Segundo ele, destinos como Califórnia e Flórida (Miami ou Orlando, por exemplo) têm preços mais em conta na hotelaria e aluguel de carros, o que faz com que a viagem fique mais barata. "Há exceções, como Nova York, que é um destino mais caro."

"Mas, com o euro subindo menos, dá para aproveitar melhor o passeio na Europa, se souber escolher bem os destinos", diz. "Portugal e Espanha fazem seus euros renderem bastante, pois são locais onde os preços são mais baixos."

De acordo com Rossi, França, Itália e Alemanha têm preços medianos. Já os países escandinavos (Dinamarca, Noruega, Suécia, Finlândia) e a Rússia têm preços elevados.

América Latina surge como opção

Segundo a presidente do comparador de viagens Mundi, Ana Araújo, a América Latina tem despontado como opção de viagem internacional para os brasileiros. "No meio da briga entre dólar e euro, quem está se dando bem é a Argentina", diz.

Entre janeiro e fevereiro, Santiago (Chile) ultrapassou Nova York no ranking dos 25 destinos mais procurados, subindo quatro posições ante o mesmo período de 2014 e ocupando a quarta posição. Foi a primeira vez que isso aconteceu desde 2011, quando o levantamento começou a ser realizado.

Segundo o site, atualmente os cinco destinos mais procurados são, respectivamente, Miami, Buenos Aires, Orlando, Santiago e Nova York. Em 2014, no mesmo período, eram Miami, Buenos Aires, Orlando, Nova York e Lisboa.

Montevidéu (Uruguai), Lima (Peru), Bariloche (Argentina), São Paulo e Rio de Janeiro são outros destinos que despontam nas buscas.

Planejar a viagem com antecedência é estratégia

Segundo a assessoria de imprensa da agência de viagens CVC, planejar a viagem com bastante antecedência também tem sido uma saída para driblar o dólar mais alto.

"Outra estratégia da companhia é apostar cada vez mais na venda antecipada da viagem, de 12 para até 18 meses antes do embarque, o que facilita o planejamento financeiro. Para exemplificar, a CVC já está comercializando algumas de suas programações de viagens com preços definidos para embarques até dezembro de 2016", informa a assessoria de imprensa.

Leonel Rossi, da Abav, e Ana Araújo, do Mundi, afirmam que comprar passagens aéreas de três a seis meses de antecedência já permite encontrar boas promoções.

Compare alguns preços de pacotes 

Todos os pacotes foram cotados na CVC entre os dias 19 e 20 e abrangem o período de 8 dias e 7 noites, para saídas em maio de 2015. Incluem passagem aérea e hospedagem.

Buenos Aires & Santiago
divulgação

Inclui hospedagem com café da manhã e traslado aeroporto/hotel

US$ 878,00 por pessoa em apartamento duplo

Orlando
Scott Audette/Reuters

 
Inclui 7 diárias de aluguel de carro
 
US$ 1.738,00 por pessoa em apartamento quádruplo
 

Cancún
Getty Images

 
Inclui hospedagem no sistema all inclusive e traslados aeroporto/hotel
 
US$ 1.496 por pessoa em apartamento duplo
 

Lisboa
Marcel Vincenti/UOL

 
Inclui hospedagem com café da manhã
 
A partir de 1.365 euros por pessoa em apartamento duplo
 

Madri
Fellipe Fernandes/UOL

 
 
Inclui hospedagem com café da manhã
 
A partir de 1.517 euros por pessoa em apartamento duplo
 

Paris
Getty Images

 
Inclui hospedagem com café da manhã
 
A partir de 1.792 euros por pessoa em apartamento duplo
 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos