Custódia
Nada mais é do que a guarda de um título. Existem empresas especializadas a guardar estes títulos, o CETIP custodia títulos de renda fixa e as bolsas de valores mantém suas próprias câmaras de custódia para as ações negociadas em seu pregão. A Bolsa de Valores de São Paulo tem a Calispa e a BVRJ criou a CLC (Câmara de Liquidação e Custódia). Estas câmaras são responsáveis pela manutenção e atualização dos direitos das ações (Dividendos, Bonificaçães, subscrição, etc.). Além do extrato mensal discriminando a posição do cliente, a cada movimentação é emitido um aviso que segue direto para o endereço determinado pelo acionista. Por isto é muito importante manter o cadastro sempre atualizado. Assim como uma conta corrente, ninguém pode mexer na sua conta de custódia sem sua autorização. Estes serviços se sofisticaram bastante, a CLC do RJ mantém um serviço de fax custódia através do qual o acionista pode receber sua posição atualizada - é necessário saber o nº da conta além do código de acesso.