IR 2013: evite atraso na entrega da declaração para não pagar multa


 

O prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda 2013 vai de 1º de março até as 23h59min59seg do dia 30 de abril, caso utilize a internet para envio.

No entanto, embora o prazo seja relativamente extenso, há os que adiam ao máximo o envio do documento, a ponto de perder a data-limite. E como a Receita não prorroga o prazo de entrega, para o contribuinte que se atrasa, resta apenas arcar com o pagamento de multa.

De acordo com a legislação, os que têm saldo de imposto a pagar e enviaram a declaração após o prazo determinado, devem pagar multa de 1% ao mês, calculada sobre o total do imposto devido.

A multa de 1% passa a contar a partir do dia seguinte ao prazo de entrega fixado pela Receita Federal, e terá por termo final o mês em que o contribuinte apresenta a declaração. O valor mínimo é de R$ 165,74 e o máximo é de 20% do imposto a pagar.

O contribuinte que não tem imposto devido ou tem direito à restituição, mas descumpriu o prazo determinado, também está sujeito à multa. Nesse caso, é cobrado o valor mínimo de R$ 165,74; se houver saldo a restituir, ele será pago com o desconto da multa.

Além disso, após o prazo de entrega, as declarações só podem ser entregues pela internet ou por mídia removível nas unidades da Receita Federal, durante o seu horário de funcionamento. Não há mais possibilidade de se entregar o documento, após o prazo, nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos