Bolsas

Câmbio

Ganhou um prêmio em 2004? Saiba como declarar os valores no IR 2005

Do InfoMoney

SÃO PAULO - Que o brasileiro é um povo que gosta de apostar, isto não há dúvida. Prova disso é a infinidade de jogos de azar que funcionam atualmente nas casas lotéricas. Mesmo os bingos, que chegaram a ser proibidos, já voltaram a funcionar e crescem cada vez mais no país, afinal de contas quem não gosta de arriscar a sorte em troca da chance de conquistar aquele carro ou a casa dos sonhos?

IR é pago por quem realizou sorteio
Se você faz parte do grupo de "sortudos", saiba que está dispensado do recolhimento do IR sobre este ganho. Para declarar estes valores você deve informar o valor do rendimento no campo de tributação exclusiva na fonte.

É que neste caso o realizador do sorteio é que será responsável pelo pagamento do imposto, ou seja, você recebe o dinheiro líquido de IR. Vale lembrar que pelo fato do imposto ser tributado pela fonte, você não poderá abater este valor da sua declaração visto que o dinheiro não saiu do seu bolso.

Prêmio deve ser declarado como tributação exclusiva
Como o prêmio pode ser considerado um bem e todo bem de valor superior a R$ 5 mil deve ser declarado, você precisará informá-lo no declaração e não se esqueça de incluir a data do sorteio, os responsáveis pelo evento, número do documento que acompanha o bem e o valor do prêmio.

Agora, se o valor do prêmio for inferior a R$ 5 mil então não será necessário declará-lo como um bem, entretanto, o valor deverá ser declarado no campo de rendimentos. Simplificando, se você ganhou um aparelho de som de R$ 1,5 mil não precisa declará-lo como um bem, visto que o valor está abaixo dos R$ 5 mil. No entanto, você deve declarar este valor no campo de rendimentos sujeitos à tributação exclusiva na fonte.

Para evitar confusão, vale lembrar que o valor que deve ser declarado é aquele que consta na nota fiscal que acompanha o produto recebido a título de prêmio.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos