UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

Imposto de Renda 2012

02/03/2012 - 10h00

Bancos reabrem linhas de crédito para quem quer antecipar a restituição do IR

SÃO PAULO – A temporada para a entrega das declarações do Imposto de Renda já começou. E muitos bancos também iniciaram a temporada de oferta de linhas de crédito, para quem quer antecipar a restituição deste ano. 

Esse tipo de linha é cada vez mais comum entre os brasileiros, mas é preciso cuidado e atenção na contratação.

É mesmo uma boa ideia?

Dinheiro extra ajuda em qualquer momento. No entanto, na hora de optar por antecipar benefícios, como a restituição do Imposto de Renda, é preciso atenção redobrada.

Para especialistas, o mais importante a ser avaliado pelo contribuinte que está pensando em contratar o crédito é evitar transformar o que seria um benefício em transtorno. É preciso ter cuidado para acabar não trocando um direito [a restituição] por uma obrigação [a dívida], e ainda pagar por isso.

É preciso considerar também a hipótese de o contribuinte ter a restituição retida na malha, o que atrasa o pagamento da restituição e pode até diminuir o valor dela - quando não transformá-la em imposto a pagar. Neste caso, o contribuinte será obrigado a quitar a linha de crédito sem ter o dinheiro da restituição para isso.

Contudo, para quem tem dívidas com juros altos, como as do cheque especial e do cartão de crédito, linhas como essas são vantajosas, por terem juros menores. Antes de contratar o empréstimo, então, fique atento ao orçamento – muitas vezes, você não precisa de mais um empréstimo. Apenas organizar as finanças pode gerar a renda extra de que você precisa.

Condições para antecipar a restituição do Imposto de Renda

Confira as condições para antecipar a restituição do IR, elas são diferentes daquelas para quem quer antecipar o 13º salário:

  • Caixa Econômica Federal: a modalidade, disponível a partir da segunda-feira, dia 5, permite antecipar parte da restituição, com limites que vão de R$ 610 a R$ 30 mil. O pagamento deverá ser em parcela única, no recebimento da restituição ou até o dia 30 de dezembro;
  • Itaú: na instituição, é possível antecipar a restituição com valores de, no mínimo, R$ 500. Neste ano, a taxa de juros aplicada parte de 2,60% ao mês. O crédito, disponível desde quinta-feira (1), pode ser contratado até dia 31 de outubro, e o pagamento é feito em parcela única na data do recebimento da restituição ou no dia 17 de dezembro, o que ocorrer primeiro. A linha é pré-aprovada e pode ser solicitada pelos caixas eletrônicos, internet ou agências do banco.
  • Santander: a instituição antecipa até 100% do valor total da restituição, sendo que o limite mínimo é de R$ 100, com taxas de juros a partir de 2,99% ao mês. O pagamento deverá ser feito no dia do recibmento da restituição ou até o dia 20 de dezembro. O crédito, que já está disponível, é sujeito à aprovação.
  • Banco do Brasil: o banco antecipa até 100% do valor da restituição, com taxas a partir de 2,30% ao mês, sem necessidade de garantias para valores de até R$ 5 mil. Com garantias, o valor é limitado a R$ 20 mil. O pagamento do empréstimo será automático e realizado no momento do recebimento da restituição ou até 28 de fevereiro de 2013.
  • HSBC: a partir de segunda-feira, dia 5, os clientes do banco poderão antecipar até 100% do valor total da restituição, com taxa de 2,99% ao mês, e o dinheiro é liberado na hora. O pagamento é feito no recebimento da restituição ou até 4 de março de 2013. O valor mínimo da modalidade é de R$ 300.

O Bradesco deve disponibilizar sua linha de antecipação em breve. Para mais informações, o contribuinte deve consultar sua agência bancária.

Veja mais

Hospedagem: UOL Host