Bolsas

Câmbio

Barril do petróleo fecha acima de US$ 105 em NY

da Redação(*)

Os preços do petróleo prosseguiram em alta nesta quinta-feira em Nova York, fechando pela primeira vez acima da barreira dos US$ 105 por barril, chegando a se aproximar dos US$ 106 ao longo da sessão. Na Nymex (New York Mercantile Exchange), o barril de "light sweet crude" para entrega em abril fechou em alta de 95 centavos a US$ 105,47, um novo recorde de fechamento, após ter encerrado na véspera cotado a US$ 104,52.



Nas trocas eletrônicas antes da abertura, os preços do ouro negro alcançaram US$ 105,97 , novo recorde absoluto. Em Londres, o barril do tipo Brent do mar do Norte seguiu a mesma tendência, alcançando o teto histórico de US$ 102,95 o barril.

De acordo com Saul Suslik, diretor do Centro de Estudos do Petróleo da Unicamp, é preciso levar em conta que "não há falta de petróleo". "O que acontece é uma dificuldade dos países produtores em atender a demanda no prazo esperado", disse. Suslik destacou ainda que a volatilidade é causada por especulação sobre o preço do petróleo no mercado futuro. "Boa parte dessa flutuação está na mão dos especuladores", disse.

Segundo Suslik, "o Brasil está numa posição bastante confortável", e o preço do petróleo não provoca um efeito muito forte. "Vai depender da mais da dinâmica da produção", afirmou.

Na quarta-feira, os preços do petróleo já haviam dado um inesperado salto de aproximadamente cinco dólares, impulsionados pelo efeito duplo da manutenção, por parte da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), de suas cotas de produção, e principalmente por uma inesperada queda nas reservas americanas do cru, da ordem de 3,1 milhões de barris na semana passada.

(*) Com informações da AFP

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos