Belluzzo: Crise financeira é a mais importante dos últimos 80 anos

da Redação

As principais autoridades econômicas dos Estados Unidos discutem nesta semana um plano para evitar a quebradeira do setor financeiro americano, algo que poderia colocar em risco toda a economia mundial. O secretário de Tesouro norte-americano, Henry Paulson, tenta aprovar um resgate orçado em US$ 700 bilhões para salvar bancos e outras empresas financeiras. O dinheiro será usado para comprar títulos podres e impedir a falência das instituições.



Para entender melhor essa crise financeira mundial e seus possíveis impactos na economia brasileira, o UOL conversou com o Luiz Gonzaga Belluzzo, professor titular de Economia da Unicamp e ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, no governo Sarney. Belluzzo também é considerado um dos principais conselheiros econômicos do presidente Lula.

Na entrevista, Belluzzo disse que a atual crise é a "mais importante dos últimos 80 anos" e explicou que ela é resultado de "uma euforia e um descuido" por parte dos agentes financeiros e das empresas que avaliam o risco. Apesar da ajuda bilionária, o economista acredita que "muitas instituições financeiras (americanas) devam quebrar" e que o plano de resgate não cobrirá todas as empresas com problemas.

Como conseqüência, o acesso ao crédito ficará mais caro até que as condições do mercado voltem ao normal - o que deve "demorar um pouco", na avaliação do economista. Apesar de uma provável redução do crédito, o Brasil tem instrumentos para se proteger das turbulências internacionais. Uma recessão não foi totalmente descartada, mas tem poucas chances de se concretizar, na opinião do especialista.

Outro reflexo da crise é que o sistema financeiro deverá ter uma regulamentação maior após esse episódio. Para Belluzzo, "a idéia de que os mercados se auto-regulam perdeu o fundamento". "É uma lógica coletiva que acabou terminando numa desgraça coletiva."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos