Bolsas

Câmbio

Força Sindical demonstra preocupação com fusão entre Itaú e Unibanco

Da Agência Brasil
Em São Paulo

O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, divulgou nota à imprensa hoje (3) afirmando que a entidade avalia que a fusão entre o Itaú e o Unibanco anunciada pela manhã pode ser o começo de uma concentração predatória, "que poderá gerar monopólio num setor estratégico para o desenvolvimento do país".

A nota diz que o Banco Central deverá ter um papel importante daqui para frente. "É importante também que o Banco Central fiscalize com rigor esta reorganização dos bancos, de forma transparente para que um eventual ônus não seja pago por toda a sociedade brasileira."

Na nota, Paulo Pereira afirma que a concentração não pode "ditar regras sobre taxas de juros e serviços bancários" e que a Força Sindical está preocupada com o cumprimento dos contratos vigentes como os planos de previdência privada dos trabalhadores e possíveis demissões.

"Esperamos ainda que a medida não ocasione demissões no setor. É importante que o governo abra negociação com as centrais sindicais para evitar desemprego nesta área sensível, justamente neste momento de crise econômica internacional", diz a nota.

Receba o Giro UOL por e-mail

Em duas edições diárias, um resumo das notícias mais importantes para começar e terminar o seu dia. É só deixar seu e-mail e pronto!

 

UOL Cursos Online

Todos os cursos