Bolsas

Câmbio

Presidente da CSN não descarta demissões no setor por causa da crise

Da Agência Brasil

Brasília - O presidente da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Benjamin Steinbruch, não descartou demissões no setor diante da crise econômica mundial. Segundo ele, não é objetivo de nenhum empresário demitir, mas é preciso ter o mínimo de condições para cuidar das empresas.

"A gente tem que cuidar das empresas, a gente tem que cuidar dos empregos, mas a gente tem que ser realista", disse o empresário.


Ele afirmou também que, por enquanto, não houve alteração nos preços das commodities, porque os contratos vão até abril de 2009. Steinbruch destacou que o problema continua sendo a demanda, pois não adianta nada ter preço, mas não ter ninguém que compre.

Benjamin Steinbruch deu essas declarações após participar, no Palácio do Planalto, de uma reunião, junto com outros empresários e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para discutir novas medidas de estímulo à economia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos