Bolsas

Câmbio

Desemprego fica estável pelo 2º mês seguido, em 15,3%, diz pesquisa

Da Redação

Em São Paulo

(Texto atualizado às 10h50)

A taxa de desemprego em maio ficou estável pelo segundo mês consecutivo, em 15,3%, segundo pesquisa da Fundação Seade e do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos).

Em maio, havia 3,1 milhões de pessoas desempregadas nas seis regiões metropolitanas pesquisadas (Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Salvador, São Paulo e Distrito Federal), 17 mil a mais que no mês anterior, mas essa diferença não é suficiente para alterar a taxa em termos percentuais.


DESEMPREGO (em %)
Distrito Federal17,517,0
Belo Horizonte10,811,0
Porto Alegre12,112,6
Recife20,720,4
Salvador20,521,6
São Paulo15,014,8
TOTAL15,315,3
RegiãoAbrilMaio
A taxa aumentou em maio nas regiões metropolitanas de Salvador, Porto Alegre e Belo Horizonte, e diminuiu no Distrito Federal, Recife e São Paulo, segundo pesquisa da Fundação Seade e do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos).

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) também realiza pesquisa pesquisa sobre desemprego, cuja taxa está hoje em torno de 9%.

A discrepância entre os dados das duas pesquisas decorre da diferença de metodologia. Diferentemente do IBGE, a pesquisa do Dieese e da Seade considera desempregadas não apenas as pessoas que não têm uma ocupação, mas inclusive aquelas que exercem um trabalho precário (popularmente conhecido como "bico") enquanto procuram emprego relacionado à sua área.

Se as pessoas nessas situações forem consideradas empregadas, a taxa de desemprego estudada pelo Dieese fica em 10,9%.

Também aqueles que desistiram de procurar emprego nos últimos 30 dias por falta de esperança são considerados "desempregados" na pesquisa Dieese/Seade, enquanto são vistos como "inativos" na pesquisa do IBGE. Esse grupo correspondeu, em maio, a 4,4 pontos percentuais da taxa de desemprego (15,3%).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos