Bolsas

Câmbio

Lula junta-se aos fundos de pensão e pressiona por troca de diretores da Vale, diz Folha

Da Redação
Em São Paulo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está apoiando os fundos de pensão que têm participação na Vale nas tentativas de trocar a direção da mineradora, segundo reportagem publicada nesta sexta-feira no jornal Folha de S.Paulo.

A íntegra do texto está disponível para assinantes do jornal ou do UOL (clique aqui).


Segundo o jornal, o problema do governo com a Vale começou durante a crise financeira. A reportagem afirma que Lula reprovou a decisão da empresa de cortar US$ 3 bilhões em investimentos no auge da turbulência financeira mundial, além da demissão de mais de mil funcionários.

Os fundos que estão participando da campanha para mudanças na empresa são: Previ (Banco do Brasil), Petros (Petrobras) e Funcef (Caixa Econômica Federal). A maior pressão, segundo o jornal, é derrubar dois diretores nomeados durante o segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso que, segundo o planalto, possuem ligação com o partido da oposição PSDB.

Ontem Lula recebeu dos fundos um estudo que aponta possíveis falhas na governança da Vale. A Funcef mostrou disposição em desfazer de sua participação na mineradora. Para continuar com o apoio de Lula, Roger Agnelli, o presidente da empresa, que tem mostrado resistência à pressão do governo, pode ser obrigado a aceitar as trocas de comandos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos