Bolsas

Câmbio

Fazer caipirinha está cerca de 52% mais caro, diz FGV

Da Redação, em São Paulo

Preparar uma caipirinha, bebida típica do Brasil, está em média 52% mais caro, segundo informações da Fundação Getúlio Vargas que consideram o período entre fevereiro de 2008 e janeiro de 2009.  


A pesquisa elaborada pelo economista André Braz e divulgada nesta terça-feira mostra que os principais ingredientes da iguaria tiveram aumento de preço superior à inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor, que acumula alta de 4,42% nos últimos doze meses.

O açúcar, utilizado para adoçar a bebida, teve um salto de 69,81% no preço, por conta da alta que o preço do produto teve no mercado internacional. A aguardente, também usada na caipirinha e que tem como matéria-prima a cana-de-açúcar, ficou 17,94% mais cara, enquanto o limão subiu 8,93%.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos