Bolsas

Câmbio

Inadimplência do consumidor tem queda recorde em janeiro, diz Serasa

Da Redação, em São Paulo

A inadimplência do consumidor brasileiro caiu 8,1% em janeiro em relação a um ano antes, a maior queda anual para os meses de janeiro desde 1999, segundo pesquisa divulgada pela Serasa nesta terça-feira.

"Este cenário é justificável, considerando que no primeiro mês de 2009 o país passava pelo período mais crítico da crise financeira internacional, que incrementou a inadimplência tornando-se uma base elevada para comparação. Já em janeiro de 2010, a conjuntura econômica é oposta, com crescimento, geração de empregos e evolução da renda", diz o órgão.

Em relação a dezembro, o recuo foi de 6,3%, também a maior queda mensal para os meses de janeiro desde 1999.

A instituição explica que as condições de crédito melhores no país e o uso do 13º salário para o pagamento de dívidas contribuíram para o resultado recorde.

No mês passado, a devolução de cheques por falta de fundos, emitidos por pessoas físicas, caiu 16,2%. As dívidas não honradas com bancos recuaram 5,1%.

De acordo com a Serasa, as dívidas com bancos representaram em janeiro a maior parcela da inadimplência do consumidor no país, com 47,7%, seguidas pelos compromissos com cartão de crédito e financeiras, com 33,2%, por cheques sem fundos, com 17%, e por títulos protestados, com 2,1%.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos