Bolsas

Câmbio

Exportações brasileiras ao mundo árabe crescem acima da média

Da Redação

Em São Paulo

Dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior apontam que as exportações brasileiras ao mercado árabe avançaram 45% em fevereiro de 2010 em relação ao mesmo mês do ano passado. O Brasil faturou US$ 687 milhões no último mês de fevereiro frente a US$ 484 milhões em 2009. As informações são da Agência de Notícias Brasil-Árabe.

O aumento das exportações ao mercado árabe ficou acima do crescimento das vendas externas gerais, que aumentaram 27% no mesmo período. No total, o país somou US$ 12,1 bilhões com exportações em fevereiro desse ano.

Os principais produtos comercializados com a região árabe entre janeiro e fevereiro de 2010 foram carne e açúcar. A exportação de carnes cresceu 44,3% –somando US$ 402 milhões– e as de açúcar, 32% (US$ 395 milhões). Também os minérios ajudaram a impulsionar as exportações: aumento de 215% para US$ 218 milhões. Mesmo com queda de 24% nas vendas, o quarto maior produto foi o cereal (US$ 47,2 milhões).

Entre os países da região, o maior comprador do Brasil foi a Arábia Saudita, que gastou US$ 348 milhões, em avanço de 46%, seguida por Emirados Árabes Unidos, cujas compras ficaram em US$ 205 milhões, com alta de 59%. O Egito foi o terceiro maior importador (US$ 154 milhões, mas com recuo de cerca de 3%). A Argélia foi a quarta maior compradora, com US$ 93,3 milhões e aumento de 10%.

As importações de produtos árabes por parte do Brasil também cresceram acima da média em fevereiro. O país gastou US$ 464 milhões, aumento de 153% sobre o mesmo mês de 2009. Já as importações brasileiras como um todo cresceram 50,8% no mesmo período. Os principais produtos importados da região árabe são petróleo e derivados.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos