Bolsas

Câmbio

Ação da Bovespa se recupera após forte queda com temor por investigação da Receita

As ações da BM&FBovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) tinham pequena desvalorização nesta tarde depois de registrarem forte queda no período da manhã, em meio ao temor de que a companhia esteja sendo investigada pela Receita Federal.

Por volta das 14h, o papel da empresa (BVMF3) recuava 0,16%, a R$ 12,11. Na mínima, a queda chegou a superar 5%.

Um reportagem da edição desta terça-feira do jornal "Folha de S.Paulo" afirma que a Receita abriu uma investigação especial contra a BM&FBovespa para apurar uma suspeita de que a empresa usou indevidamente de benefícios fiscais para deixar de pagar mais de R$ 5,5 bilhões em impostos.

Consultada, a assessoria de imprensa da Receita Federal informou à Reuters que o órgão não negou nem confirmou a notícia e disse que não se manifestaria sobre o assunto, já que investigações desse tipo exigem sigilo.

A assessoria de imprensa da Bolsa paulista afirmou que não recebeu uma notificação da Receita sobre tal investigação e que agiu dentro das regras estabelecidas, não havendo nada irregular.

Na semana passada, a BM&FBovespa obteve o grau de investimento da agência de classificação de risco Moody's.

Em relatório, o Deutsche Bank considerou que a empresa agiu dentro da lei ao calcular em R$ 16, 3 bilhões os benefícios fiscais oriundos da fusão entre Bovespa e BM&F, em 2008.

"Ficamos surpresos com a notícia", disse o Deutsche, pontuando, no entanto, que o assunto pode gerar uma disputa na justiça, provocando volatilidade das ações no curto prazo.

(Com informações da Reuters)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos