TAM nega negociações com companhias européias

Da Redação, em São Paulo, e do Valor

A TAM negou na tarde desta terça-feira (14) que esteja negociando uma possível fusão com a British Airways e a espanhola Iberia.

Segundo matéria publicada hoje na edição impressa do jornal chileno Diairo Financiero, executivos da TAM e da LAN, que anunciaram em agosto que estão negociando uma fusão que deve dar origem a uma nova empresa chamada LATAM, estariam em Londres discutindo a possibilidade de uma nova troca de ações, dessa vez com a British Airways e a Iberia, que também estão em processo de fusão.

"A TAM nega categoricamente a existência dessas supostas negociações e reafirma que seus esforços estão voltados para a criação, juntamente com a LAN, do LATAM Airlines Group."

De acordo com o jornal chileno, fontes próximas à união TAM/LAN afirmam que a troca de ações com as companhias europeias poderia variar entre 5% e 10% dos papéis.

A fusão entre a TAM e a LAN ainda depende da aprovação de acionistas, além de órgãos reguladores, como o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

No início de setembro, o diretor-executivo da British Airways, Willie Walsh, informou que a holding formada com a Iberia já trabalha com uma lista de 12 potenciais aquisições, o que fez surgir especulações de que a Latam estaria entre os alvos.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos