Franquia de carrinho de churrasco custa R$ 30 mil; veja opções

Afonso Ferreira
Do UOL, em São Paulo (SP)

Com investimento a partir de R$ 30 mil, as franquias de espetinhos de churrasco aparecem como uma das opções de negócio mais baratas no setor de alimentação.

Nesse mercado, atuam marcas como Espetinhos Mimi, Espetinhos Dagosto, Spetinho e Cia, e Varanda Espetinhos. Os modelos de negócio incluem carrinhos de churrasco e bares com cardápios mais elaborados.

Os valores de investimento inicial variam de R$ 30 mil a R$ 250 mil, dependendo do tipo de negócio. O faturamento médio mensal vai de R$ 18 mil a R$ 140 mil, com prazos para retorno do investimento de 12 até 50 meses.

Entre as opções de investimento da rede Espetinhos Mimi –a rede oferece negócio com carrinho, quiosque ou bar–, o carrinho de churrasco é a mais barata, custa R$ 30 mil. O faturamento mensal pode chegar a R$ 18 mil. O lucro varia de 18% a 20% do valor do faturamento.

Segundo o gerente de franquias da marca, Renato Palhares, o modelo é indicado para praias e locais de grande fluxo de pessoas, como nas proximidades de estádios de futebol e grandes empresas.

Atividade exige alvará da prefeitura

Assim como nos demais modelos de negócio, para trabalhar com o carrinho também é preciso obter um alvará da prefeitura. Mas não são todos os municípios que autorizam esse tipo de negócio.

Por isso, é importante que o empreendedor cheque se poderá trabalhar no local que deseja antes de assinar com a franquia.

De acordo com Palhares, o documento concede permissão ao empreendedor para exercer a atividade apenas em uma área delimitada.

"Não é porque ele tem um carrinho que poderá sair vendendo pela cidade inteira. Ele terá um limite de espaço para atuar", declara.

Setor de alimentação está em alta

De acordo com o presidente da ABF-Rio (Associação Brasileira de Franchising no Rio de Janeiro), Beto Filho, o número crescente de refeições realizadas fora de casa impulsiona o crescimento do setor de alimentação, incluindo os espetinhos.

Segundo a ABF, em 2012, as franquias de alimentação faturaram R$ 20,57 bilhões, alta de 17,6% em relação a 2011 (R$ 17,49 bilhões).

O presidente da ABF-Rio afirma que o espetinho é um produto conhecido pelo público e, dificilmente, tem rejeição. "No Brasil, há uma cultura de consumir churrasco com os amigos, principalmente no verão."

Beto Filho diz, ainda, que é importante o empreendedor avaliar o cardápio da franquia antes de investir. Algumas redes têm espetinhos com legumes que podem ser diferenciais no mercado.

"Apesar de o carro-chefe serem os espetinhos de carne, as opções vegetarianas atendem a uma parcela do público mais preocupada com alimentação saudável", declara.

Franquias concorrem com açougues e supermercados

Segundo o diretor da consultoria em expansão de negócios Fábrica 3, João Augusto Bueno, as franquias de espetinhos também concorrem com açougues e supermercados, que vendem o produto congelado.

Chef dá dicas sobre espetinhos

O diferencial da franquia, de acordo com o consultor, deve estar no serviço prestado ao cliente. "Se o ambiente e o atendimento estiverem ruins, as pessoas vão preferir assar o espetinho congelado em casa. Numa loja de rede, elas buscam conforto e comodidade".

Antes de investir, no entanto, Bueno diz que o empreendedor deve conversar com outros franqueados da rede para checar se os dados informados pela franqueadora são reais.

"São os franqueados que confirmarão o desempenho da rede. É preciso ver se o faturamento e o lucro das lojas são os mesmos informados pela matriz e qual o suporte que ela oferece para o negócio", afirma.

Atividade informal prejudica mercado

A concorrência com vendedores ambulantes informais de churrasquinhos é a maior dificuldade para as franquias de espetinhos, de acordo com Palhares.
 
Ele afirma que, muitas vezes, os ambulantes oferecem preços mais baixos por trabalharem com carnes de procedência duvidosa e sem os cuidados de higiene alimentar necessários.
 
"Existe um vendedor de churrasquinho em praticamente toda esquina. O desafio da franquia é se distanciar dessa imagem de atividade informal e mostrar que é possível ter mais qualidade."

Cuidados ao escolher uma franquia

Tempo de mercado Verifique há quanto tempo a rede atua no mercado. Se a franquia for nova, veja o número de unidades próprias. É por meio delas que a franqueadora adquire experiência e conhecimento da área que irá transmitir aos franqueados
Pesquisa com franqueados As redes são obrigadas a apresentar a COF (Circular de Oferta de Franquia) para os interessados. O documento deve indicar endereço, nome e telefone de franqueados e ex-franqueados. É importante ligar para o maior número possível para saber sobre investimento, faturamento, tempo de retorno e lucro
Faturamento Desconfie de número fantásticos. O ideal é avaliar mais de uma franquia do setor que deseja ingressar para ver se os números são similares. Segundo a ABF, o lucro varia de 10% a 15% sobre o faturamento
Prazo de retorno A ABF trabalha com o prazo de retorno de 18 a 24 meses para microfranquias, que exigem um investimento mais baixo, e de 36 meses para franquias, que necessitam de investimento maior
Assinatura de contrato O negócio só pode ser fechado após o prazo de 10 dias da entrega da COF. O objetivo é evitar a assinatura por impulso. A COF informa o número de franqueados ativos e inativos (nos últimos 12 meses), com telefone, ações judiciais contra a empresa e estimativa de investimento, faturamento etc.

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos