Bolsas

Câmbio

Inventores do BlackBerry investem US$100 mi em tecnologia quântica

Por Himank Sharma

20 Mar (Reuters) - Os inventores do BlackBerry Mike Lazaridis e Doug Fregin voltaram a se associar para lançar um fundo de 100 milhões de dólares cujo objetivo é incubar e comercializar tecnologias de ciência quântica que podem assumir papel de liderança na próxima onda da computação.

Lazaridis, que deixou seu posto como co-presidente executivo da BlackBerry em janeiro de 2012, é conhecido por sua paixão pela Física.

No ano passado, ele criou o Quantum Nano Centre, um laboratório de pesquisa em Waterloo, Canadá, para promover descobertas de tecnologias emergentes relacionadas à computação quântica. Ele declarou que desejava que o centro de pesquisa se tornasse o polo da tecnologia quântica.

"Nada do que você vê no mundo da tecnologia clássica pode prepará-lo para o que verá na revolução da tecnologia quântica", declarou Lazaridis em comunicado na terça-feira.

"Nossa crença no poder da Física quântica para transformar a sociedade nos inspirou a desenvolver uma estratégia, a 12 anos atrás, que levou à capacidade de pesquisa quântica em nível mundial hoje existente", acrescentou.

Conhecido como Quantum Valley Investments, o fundo privado fornecerá recursos financeiros e intelectuais a inventores e empresários que estejam trabalhando em tecnologias quânticas.

Os proponentes da tecnologia quântica de computação dizem que ela trabalha mais rápido que a computação clássica por diversas ordens de magnitude, e tem o potencial de revolucionar campos como a pesquisa de medicamentos.

Embora a disciplina venha sendo um campo primordialmente acadêmico desde seu surgimento há 30 anos, os investidores começam a ver oportunidades comerciais.

Em 2012, a D-Wave Systems, companhia de Vancouver que trabalha com aplicações de computação quântica, recebeu 30 milhões de dólares em capital da companhia de Jeff Bezos, fundador da Amazon, e de uma divisão de investimento da Agência Central de Inteligência (CIA).

Um computador quântico pode aproveitar as propriedades peculiares da matéria em si para realizar cálculos em nível atômico, eliminando a necessidade de transistores e permitindo número imenso de cálculos simultâneos.

Últimas de Economia



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos