UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

26/06/2009 - 17h34

Procurando estágio? Veja dicas para elaborar um bom currículo

SÃO PAULO - Todos os anos, no segundo semestre, as grandes empresas buscam estagiários e trainees para integrar suas equipes. Apesar de o número de vagas ser significativo, a concorrência também é, e um número alto de estudantes sai à caça de boas oportunidades no mercado de trabalho.

Mas como fazer para fisgar a oportunidade certa? De acordo com o presidente da Curriculum.com.br, Marcelo Abrileri, a primeira peneira é a seleção de currículos, daí a importância de apresentar um bom currículo.

Segundo ele, os jovens têm muitas dúvidas com relação ao currículo. Por exemplo, o que deve escrever quem não tem nenhuma experiência? Abrileri explica que é sempre importante procurar se diferenciar, mesmo assim.

Passo-a-passo

Confira as dicas do presidente da Curriculum.com.br para candidatos a vagas de estágio ou de trainee:


  • Reúna informações sobre cursos de formação ou complementares, datas de início/fim, empresas pelas quais passou, cargos, datas de entrada e de saída, habilidades com softwares, certificados, dados para contato, intercâmbio, entre outras. Relembre ainda grandes conquistas profissionais e resultados alcançados em empregos anteriores. Quem nunca trabalhou pode relatar resultados obtidos em atividades acadêmicas ou trabalhos voluntários;


  • Defina seu objetivo: escreva a área e o cargo no qual deseja atuar, pensando nos objetivos de curto prazo, que devem ficar claros no currículo;


  • Resultados: escreva no currículo as realizações, em frases de 15 a 25 palavras, descrevendo o que fez nos empregos anteriores e os resultados positivos obtidos;


Veja do que um currículo é composto:


  1. Cabeçalho: dados pessoais (nome completo, idade, estado civil, nacionalidade) e contatos (telefone de casa, celular, e-mail);


  2. Objetivo profissional: deixe claro em qual área da empresa e cargo você pretende atuar;


  3. Resumo de experiência: este é o espaço que irá diferenciá-lo dos demais candidatos e deve ser subdivido em "experiência global" (empresas pelas quais passou, o que fez e em que áreas atuou) e "principais realizações" (explicações acerca dos resultados obtidos);


  4. Formação: informações sobre o curso que o candidato está fazendo, a instituição de ensino e o ano de conclusão previsto ou efetivo. Se for o caso, informe o ano do trancamento do curso. Para informar mais de um curso, coloque-os do mais recente para o mais antigo;


  5. Conhecimentos em informática: escreva sobre seu domínio de ferramentas tecnológicas;


  6. Idiomas: informe os idiomas estrangeiros que conhece, mencionando seu grau efetivo de conhecimento. Não exagere ao comentar suas aptidões, porque elas costumam ser testadas durante o processo seletivo;


  7. Viagens profissionais e intercâmbio: escreva para quais países você já foi, o motivo da viagem (estudar, trabalhar, ou ambos) e o ano em que ela aconteceu;


  8. Cursos complementares: escreva sobre os cursos que fez, quando eles foram feitos e onde. Mas seja breve e inclua apenas os relevantes ao seu objetivo profissional.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host