UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

30/06/2009 - 10h50

Nova ferramenta ajuda pessoas com deficiência a encontrar emprego na web

SÃO PAULO - Pessoas com deficiência têm mais uma ferramenta para buscar oportunidades de trabalho, que é por meio de um novo site (www.selursocial.org.br). Assim, os profissionais com deficiência física e visual, que só procuravam emprego na internet com o auxílio de uma outra pessoa, podem agora fazer essa busca de forma independente.

"O site será uma ferramenta gratuita para ser usada por empresas de qualquer setor da economia, em nível nacional, e acessível a pessoas com qualquer tipo de deficiência, seja física ou visual", afirma o presidente do Selur (Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana no Estado de São Paulo), Ariovaldo Caodaglio.

Acessibilidade

As pessoas só precisarão preencher o cadastro uma única vez. Depois, basta fazer atualizações futuras. Elas ainda podem imprimir seus currículos.

Outro fato importante é que não é permitido que a empresa selecione candidatos pelo site por tipo de deficiência ou faixa etária. "A busca não pode partir de um princípio discriminatório. Do contrário, já na seleção, a empresa poderia eliminar muitos profissionais", explica a coordenadora da Rede Saci (Solidariedade, Apoio, Comunicação e Informação para pessoas com deficiência), Ana Maria Barbosa.

Cotas

A Lei n° 3.298/99 determina que todas as empresas com mais de 100 funcionários estão obrigadas a destinar vagas para pessoas deficientes. Dessa forma, as empresas que possuem entre 100 e 200 empregados precisam destinar 2% das suas vagas para estes profissionais.

Para as companhias que têm entre 201 a 500 funcionários, a cota é de 3%. Já entre 501 e mil funcionários, a cota para pessoas com deficiência é de 4% e, para as empresas que têm mais de mil funcionários, a taxa é de 5%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host