UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

28/08/2009 - 13h56

Maioria dos profissionais brasileiros tem ensino superior

SÃO PAULO - Os brasileiros estão priorizando mais os estudos. Prova disso é que, neste ano, 70,9% dos profissionais possuem, pelo menos, o ensino superior. Em 2007, o percentual era de 63,1%.

A pesquisa também revelou que, neste ano, 29% dos profissionais não começaram ou não concluíram o curso universitário. No ano de 2007, o índice era maior, de 36,9%. Os dados fazem parte da pesquisa "A Contratação, Demissão e Carreira dos Executivos Brasileiros", realizada pela Catho Online, entre março e abril deste ano, com mais de 16 mil profissionais.

De acordo com o diretor de marketing da Catho Online, Adriano Meirinho, o alto grau de escolaridade é uma exigência do mercado de trabalho.

"Os dados da pesquisa só vêm confirmar o que já sentíamos no mercado. As empresas passaram a exigir mais experiência e formação dos candidatos e os trabalhadores tiveram que correr atrás. Isso acontece devido ao alto grau de competitividade entre as organizações. Por outro lado, o crescimento da qualificação do brasileiro é reflexo do desenvolvimento da economia do nosso País como um todo", ressaltou Meirinho.

Além do diploma

Nos últimos dois anos, o número de profissionais que fizeram pós-graduação também aumentou, passando de 23,8%, em 2007, para 28,5% neste ano.

Além disso, os profissionais também recorreram mais aos mestrados, uma vez que, em 2007, 3,6% dos entrevistados disseram que possuíam esse nível de escolaridade. Já neste ano, o percentual é de 4,3%.

Por outro lado, o número de profissionais que concluíram o doutorado apresentou ligeira queda na mesma base comparativa, passando de 0,6% para 0,5%.

Mulheres

Ainda segundo o estudo, as mulheres têm nível de escolaridade superior quando comparado aos homens. Em 2009, 71,9% das mulheres possuem, pelo menos, a formação superior. Enquanto que para os homens, o índice é de 70,4%.

Em relação à continuidade dos estudos elas também estão na frente, uma vez que, neste ano, 16,3% têm pós-graduação. Já entre os homens, 13,3% estão com esse mesmo grau de escolaridade.

Empresa

Engana-se quem pensa que as grandes empresas são as com o maior número de colaboradores com nível superior. As empresas com faturamento menor do que US$ 15 milhões concentram 41,7% dos profissionais com esse grau de escolaridade.

Já nas empresas com faturamento entre US$ 15 a US$ 49 milhões por ano, o número de profissionais com ensino superior cai para 39,4%, e entre as organizações com faturamento anual acima dos US$ 100 milhões, o índice é de 35,7%.

Mas, no que se refere a colaboradores que fizeram pós-graduação, as empresas com maior faturamento concentram o maior número de profissionais.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host