UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/09/2009 - 14h07

Ajuda na carreira: veja como tornar o ídolo um mentor

SÃO PAULO - Muitos jovens têm dúvidas sobre qual carreira seguir, e não poderia ser por menos, já que são pressionados a fazer uma escolha logo cedo. Mas uma saída para o problema, de acordo com a autora Lindsey Pollak, que escreveu o livro "Da Escola para o Mercado de Trabalho: 90 dicas para conseguir um bom emprego" (Summus Editorial), é seguir os ídolos.

"Essas pessoas têm o que você quer e, quando sabe o que quer, você pode preparar o caminho para consegui-lo", diz a autora. Então, um primeiro passo é identificar quais são os seus ídolos, ou as pessoas cuja carreira você admira. A lista pode ir dos seus pais, amigos até professores e celebridades. Em seguida, note o que você admira nessas pessoas.

O segundo passo é aprofundar mais a pesquisa sobre essa pessoa: quantos títulos acadêmicos possui? Qual foi o primeiro emprego que conseguiu? Procure também identificar o que poderia lhe dar uma pista sobre o que fazer: seus ídolos têm MBA? Trabalharam para o governo? Começaram de baixo e subiram na careira? Eles podem lhe sugerir um caminho!

"Identificar e pesquisar seus ídolos é um excelente exercício de avaliação, além de uma tática concreta de planejamento de carreira e busca de emprego - se você der o passo final e fizer contato direto com eles. Isso requer um pouco de coragem, mas garanto que pode lhe trazer muitos benefícios", diz a autora.

De ídolo a mentor

O mentor é um conselheiro profissional que ajuda uma outra pessoa a construir uma carreira bem-sucedida, passando conhecimento. Somente para citar alguns exemplos mais famosos, Sócrates foi mentor de Platão, Haydn de Beethoven, Johnny Carson de Jay Leno e Whitney Houston de Brandy.

Com base nesses exemplos, não pense que apenas pessoas muito talentosas é que possuem mentores. De acordo com a organização educacional canadense sem fins lucrativos Peer Resources, "o "mentoreamento" informal é provavelmente o método mais frequente de transmitir conhecimento e saberes na sociedade".

Para que o processo dê certo, confira algumas dicas dadas por Lindsey em seu livro, que podem ajudar você a encontrar e tirar o máximo proveito possível de um mentor:


  • Procure um mentor entre sua rede de contatos: pode ser um ex-chefe, um professor, um amigo da família. Um lugar bom para encontrá-lo é em associações profissionais. "É possível criar uma relação de "mentoreamento" com uma pessoa que você admira simplesmente entrando em contato com ela".

  • Comece devagar: não peça para a pessoa que seja sua mentora, já que ela ficará em uma situação desconfortável e, além disso, você se colocará como alguém que quer um favor. Em vez disso, faça perguntas específicas sobre a carreira dela e comece um bate-papo.

  • Especifique o tipo de ajuda de que necessita: coloque os objetivos da conversa em jogo, por exemplo "preciso dessas informações para definir qual carreira seguir depois da faculdade". Quanto mais específico você for sobre suas necessidades, mais específico o mentor será em seus conselhos.

  • Reúna-se como puder: se não conseguir manter contato pessoalmente, é interessante fazer ligações ou escrever e-mails.

  • Peça a seu mentor que o cobre: é interessante se ele acompanhar seu progresso na realização dos seus objetivos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host