UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/10/2009 - 16h16

Os efeitos da prorrogação do Enem para os estudantes

SÃO PAULO - Depois do vazamento da prova, o MEC (Ministério da Educação) decidiu adiar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deste ano. A previsão é de que em 45 dias seja realizada uma nova avaliação, de acordo com o ministro Fernando Haddad. A data certa será divulgada na próxima semana.

De acordo com a diretora de Consultoria da Ricardo Xavier Recursos Humanos, Neli Barboza, para alguns, a mudança de data foi um alívio, já que o estudante terá mais tempo para se preparar, rever todo o conteúdo e tirar dúvidas com os professores. "É importante que eles aproveitem ao máximo os 45 dias para estudar, mas equilibrando esse tempo com boa alimentação e diversão".

E é isso que a recepcionista Tatiane Delesporte, de 20 anos, pretende fazer. Ela se formou no Ensino Médio há três anos e agora pretende fazer a prova para ajudar no ingresso na faculdade de Administração. "Estou com medo, porque nunca fiz a prova. Vou aproveitar o tempo para estudar mais", disse.

Enquanto alguns encaram de maneira positiva a prorrogação, outros ficam ansiosos porque têm a sensação de que "vai dar branco", segundo explicou Neli. "O ideal seria que tudo acontecesse como o planejado, mesmo porque os estudantes também estão se preparando para os vestibulares e já é bastante estressante. Porém, é possível que eles aproveitem para se preparar ainda mais".

Vestibulares

Tatiane também disse que os estudantes têm essa preocupação de a prova do Enem ser muito próxima à dos vestibulares. A Fuvest, por exemplo, aplicará o exame da primeira fase no dia 22 de novembro, sendo que, para as carreiras de Música (São Paulo e Ribeirão Preto) e de Artes Plásticas, as provas acontecem de 11 a 16 de outubro. A fundação afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que nada muda devido à prorrogação da prova do Enem.

A Unicamp já anunciou que, caso seja constatado que não haverá tempo hábil para o uso das notas do Enem para a composição da nota de primeira fase do vestibular 2010, a Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp) simplesmente não usará a nota.

"Para a eventualidade de que a nota do Enem 2009 ainda venha a ser utilizada, os candidatos que ainda não se inscreveram para o Vestibular 2010, cujo prazo vai até o dia 6 de outubro de 2009, deverão incluir o seu número de inscrição para o Enem no formulário, caso desejem que a nota venha a ser utilizada segundo as regras vigentes. Os que já se inscreveram não precisam fazer nenhuma alteração".

Efeitos psicológicos

"A possibilidade de estresse pelo acúmulo de provas dentro do período e pela expectativa prolongada pode gerar certo desgaste emocional. Por isso, a importância de dormir, comer bem e se divertir Os pais devem apoiar essa etapa e ter cuidado com a pressão depositada nos filhos", ponderou Neli.

Mas, se por um lado, pode haver estresse, por outro, a prorrogação da prova pode ser positiva. "Porque vou ter mais tempo de estudar, então vou mais confiante para a prova", afirmou Tatiane, sobre um aspecto positivo.

Credibilidade

O vazamento da prova do Enem foi informado para o Ministério da Educação pelo jornal "O Estado de S. Paulo", que recebeu telefonema de um homem na quarta-feira (30) oferecendo as duas provas pelo valor de R$ 500 mil.

O escândalo aconteceu bem no ano em que as provas do Enem sofreram alterações.

De acordo com Tatiane, o fato do vazamento faz a prova perder credibilidade. "Como vou confiar nessa nova prova que vai ter agora? Quem vai garantir que alguém não vai ver?", disse. A diretora da Ricardo Xavier concorda: "claro que a credibilidade, daqui em diante, ficará comprometida. Uma vez manchada a imagem, é muito difícil reverter o quadro, mas, infelizmente, no Brasil isso é comum".

O MEC confirmou a abertura de um inquérito para apurar o vazamento das provas e convocou o consórcio Consultec, vencedor da licitação para todas as etapas da prova, para uma reunião de emergência, ainda nesta quinta-feira (1).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host