UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/10/2009 - 11h35

Consultora explica como lidar com as manias do mundo corporativo

SÃO PAULO - Algumas situações são extremamente comuns no ambiente de trabalho - em qualquer ambiente de trabalho! O problema é que as pessoas nunca aprendem como lidar com elas.

Um exemplo muito comum é o do colega de trabalho que fala alto. Ele não percebe que as pessoas à sua volta estão tentando se concentrar e age como se estivesse em uma feira ou em um bar com os amigos.

A consultora de Imagem Corporativa, Renata Mello, dá a dica do que fazer: "Avise que as pessoas o escutam bem, que ele não precisa gritar. Faça com que observe que seu volume de voz está acima do normal. Diga que você o ajudará a falar mais baixo, combinando um código, para que ele perceba que está exagerando e para que passe a falar mais baixo", recomenda a especialista.

Outras situações

Uma segunda cena bem comum: seu chefe pergunta se você já preencheu a planilha. Já reparou como algumas pessoas são apegadas às planilhas?

Para Renata, a pessoa com mania de planilha costuma raciocinar com base no que enxerga, ou é metódica. E o pior é que não pode ser qualquer planilha! Ela quer aquela que criou, embora possa ser muito confusa!

A recomendação dela: "Sugira um formato eficiente e mais simples de planilha, colocando apenas as informações fundamentais. O objetivo é a economia de tempo. Procure um curso do Excel, para descobrir as ferramentas e truques".

Mania de cobrar

Quando o superior fica na "cola", fazendo cobranças a cada cinco minutos, não tem santo que consiga trabalhar! "Esta pessoa normalmente é muito ansiosa. Para lidar com ela, é preciso manter a tranquilidade", diz Renata.

Seu conselho é: "Avise em quanto tempo você irá entregar o trabalho. Caso não consiga terminar a tempo, olhe nos olhos da pessoa e peça por mais "X" minutos. Mas leve o combinado a sério!", completa.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host