UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/10/2009 - 13h58

Cuide da alimentação na maratona de vestibulares

SÃO PAULO - O início da "maratona" de vestibulares deve ser acompanhado por uma preparação especial, para evitar problemas no dia da prova.

"O corpo sofre com fatores psicológicos e sentimentos como medo, ansiedade e euforia. Esses fatores interferem no apetite do estudante, diminuindo a vontade de se alimentar corretamente e aumentando a falsa necessidade de ingerir determinados alimentos, como chocolates. Tudo isso causa uma desordem no sistema imunológico, aumentando a possibilidade do surgimento de resfriados e mal-estar", diz a nutricionista do Hospital Samaritano de São Paulo, Weruska Barrios.

A médica endocrinologista Maria do Carmo Sobral Lins concorda que a alimentação é prejudicada neste período: "O fim do ano é sempre período de apreensão para os jovens que tentam um lugar nas melhores universidade do país. Para aguentar a pressão provocada pela responsabilidade, muitos deles buscam na comida uma válvula de escape. Resultado: disfunções hormonais e o inevitável ganho de quilinhos extras", relata.

O que comer?

Para ajudar quem está nesta fase da vida, Weruska preparou uma lista de cuidados com a alimentação, que deve ser adotada para o estudante ter um melhor funcionamento do organismo e aumentar as chances de sucesso nas provas. Confira:


  • Durante os estudos: mantenha uma dieta equilibrada, ingerindo alimentos dos quatro grupos (carboidratos, frutas e legumes, proteínas e gorduras), beba água e não fique muito tempo em jejum, comendo uma fruta ou barra de cereais entre as refeições;

  • No dia da prova: no café da manhã, escolha alimentos fontes de carboidrato (cereais, granola ou pão integral), proteína (leite, iogurtes, queijos ou peito de peru) e vitaminas e minerais. No meio da manhã, tome um copo de suco de frutas, sendo os melhores aqueles com cenoura e beterraba. Se possível, almoce antes de ir para a prova, mas prefira uma refeição leve.

  • Na hora da prova: leve água, uma barra de cereal, fruta ou chocolate meio amargo - que devem compensar a queda de energia causada pelo estresse - e evite alimentos industrializados, como salgadinhos, que têm alto teor de sódio e aumentam ainda mais a sede.

  • Outras dicas: evite bebidas alcoólicas, principalmente na véspera da prova; não pule refeições, comendo a cada três horas; não exagere no café e nas bebidas energéticas; coma cereais integrais, que são ricos em complexo B e auxiliam no funcionamento cerebral; e pratique alguma atividade física, já que os exercícios melhoram a disposição e diminuem o estresse.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host