UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/11/2009 - 15h53

Gente grande: jovens de 9 a 12 anos já mostram preocupação com carreira

SÃO PAULO - Jovens com idade entre 9 e 12 anos não só buscam referências para construir a própria identidade e definir suas crenças e valores. Estudo revela que a preocupação profissional também atinge esse público.

De acordo com estudo da Voltage, agência especializada em pesquisas comportamentais, nessa fase, os jovens estão preocupados com o mundo a sua volta. Porém, questões pessoais são mais importantes para eles.

Na hora de escolher uma carreira, pessoas próximas e familiares são as referências mais diretas. Segundo o levantamento, a profissão desejada é, de maneira geral, igual à dos pais ou de pessoas próximas.

Quando eu crescer...

O estudo revela que, apesar de se espelharem em pessoas próximas, esses jovens ainda se inspiram em ídolos, como artistas e jogadores de futebol.

"É interessante notar que os meninos ainda afirmam que querem ser jogadores de futebol, mas a maioria tem um Plano B, caso não dê certo, ou seja, eles têm consciência do fato de não ser uma profissão acessível a todos", afirma o diretor-geral da agência, Paulo Al-Assal.

As profissões mais citadas por eles são: professor, vendedor de papelaria, podóloga, pintor, escritor, modelo, cientista, médico, médico pediatra, arquiteto, contador e jornalista.

A preocupação com os animais fez com que a medicina veterinária fosse também uma profissão bastante mencionada por esse público.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host