UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/11/2009 - 13h47

Governo de SP lança ferramenta que calcula chances de arrumar emprego

SÃO PAULO - O governo paulista, em parceira com a FIPE/USP (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade de São Paulo), lança nesta terça-feira (17) o Termômetro Nacional do Emprego, que poderá ser usado por profissionais de todo o Brasil.

A ferramenta, segundo informações da Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho de SP, tem como objetivo ajudar ao desempregado a se recolocar no mercado de trabalho.

Para isso, ela calcula as chances de uma pessoa conseguir emprego nas regiões metropolitanas de São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Recife, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, além da remuneração e duração médias esperadas para o novo trabalho.

Como funcionará? Com base nos dados da PME (Pesquisa Mensal de Emprego), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Termômetro Nacional do Emprego oferecerá ao usuário, na forma de um número que vai variar de 0 a 100, o fator do candidato ao trabalho, indicando a probabilidade da conquista do emprego.

Para utilizar a ferramenta, a pessoa deverá acessar o site www.termometrodoemprego.sp.gov.br e informar o nome ou apelido, a idade, sexo, cor/raça, escolaridade, estado civil, se tem filhos menores de seis anos, total de moradores no domicílio, renda familiar, se é responsável pela residência, há quanto tempo procura trabalho, quantas horas semanais está disposto a se dedicar ao novo trabalho e em qual região gostaria de trabalhar.

"O Termômetro Nacional do Emprego mede a temperatura do mercado de trabalho. As informações produzidas pelos institutos de pesquisa são, em geral, divulgadas num formato sem utilidade para o cidadão, que não consegue processá-las. Rompendo com essa tradição, o Termômetro decodifica essas estatísticas para o cidadão", explica o secretário Guilherme Afif Domingos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host