UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/11/2009 - 08h59

Mulheres dão mais valor ao trabalho do que os homens, aponta pesquisa

SÃO PAULO - As mulheres estão pensando mais em trabalho do que os homens. É o que aponta um estudo realizado pela FEA (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade) da USP.

Para o responsável pela pesquisa, Sérgio Hideo Kubo, as mulheres passaram a dar mais valor ao trabalho do que os homens porque, há 30 anos, elas não estavam inseridas no mercado de trabalho e não tinham tantas oportunidades quanto têm hoje.

Setor público x setor privado

A pesquisa focou ainda nas diferenças de prioridades entre os profissionais do setor público e privado. Observe, na tabela abaixo, os segmentos mais importantes para os trabalhadores de acordo com o setor:

Segmento Setor Público Setor Privado
Família 53% 55%
Trabalho 21% 29%
Lazer 19% 12%
Religião 5% 3%
Comunidade 2% 1%


O responsável pela pesquisa observou que, no setor público, os trabalhadores valorizam aprender coisas novas, ter autonomia e contatos interessantes. Os trabalhadores do setor privado, por sua vez, valorizam mais o ambiente físico, o relacionamento interpessoal, que o trabalho seja interessante e um bom salário.

Segundo Kubo, quem atua no setor público vê mais o trabalho como o sentido da vida e quem trabalha no setor privado valoriza mais os objetivos e resultados.

Metodologia

Para a realização da pesquisa, 304 pessoas responderam a um questionário, sendo 159 do setor público e 145 do setor privado. Os participantes do estudo, a maioria da cidade de São Paulo, têm curso de graduação e idade entre 25 e 60 anos.

A pesquisa foi um trabalho de mestrado orientado pela professora Maria Aparecida Gouvêa, da FEA.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host