UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/11/2009 - 15h52

Rede de contatos pessoais foi o meio mais utilizado para obter o emprego atual em SP

SÃO PAULO - A rede de contatos pessoais foi o meio mais utilizado pelo trabalhador da região metropolitana de São Paulo para conseguir o emprego atual, segundo revela pesquisa divulgada nesta sexta-feira (27) pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), intitulada "Meios e Requisitos para a Obtenção de Trabalho Assalariado na RMSP".

De acordo com o estudo, entre maio e outubro de 2008, 51,7% dos profissionais da região conseguiram emprego por meio de parentes, amigos, vizinhos, entre outros.

Na sequência, os meios mais utilizados para a obtenção de emprego foram o contato direto com o empregador, 33,4%, e o engajamento em concursos públicos, 8,1%.

Em menor proporção, foram utilizadas agências especializadas em intermediação, 6,3%, sendo que as privadas responderam por 5,1% e as públicas, por 1,2%; e as organizações comunitárias e os sindicatos (0,5%).

Quem mais utilizou a rede?

Ainda de acordo com o levantamento do Dieese, os empregados domésticos foram os que mais utilizaram a rede de contatos para a obtenção do atual emprego, 89,4%. Os trabalhadores do setor privado vieram em seguida, com 52,6%, número 45 pontos percentuais maior do que o apurado no setor público, 7,6%.

Neste último caso, diz a pesquisa, o concurso público é o principal meio de acesso, visto que 76,9% dos trabalhadores do setor conseguiram a atual posição passando por este tipo de processo seletivo.

Por fim, o contato direto com o empregador foi a principal porta de entrada para a obtenção do emprego por parte dos profissionais que atuam no setor privado, 39,3%. Já para os que estão no segmento doméstico e do emprego público, os percentuais foram de 9,1% e 12,8%, respectivamente.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host