UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

30/11/2009 - 13h55

Credibilidade em alta: 68% dos executivos brasileiros acreditam em seus líderes

SÃO PAULO - A credibilidade dos líderes brasileiros está em alta. Segundo pesquisa realizada pela Korn/Ferry, 68% dos executivos do País acreditam em suas lideranças.

Apesar disso, o índice é um pouco menor que o apurado globalmente (69%), mas maior, se for comparado ao verificado em toda a América do Sul e Central (67%).

Ainda neste sentido, os executivos da América do Norte são os que detêm o maior índice de credibilidade por parte dos executivos, 75%, seguidos pela Ásia Pacífica, com 71%. Os executivos europeus, por sua vez, são os que menos acreditam em suas lideranças, com 63% de respostas.

Por país, a Índia foi o que apresentou o maior índice de confiança, 79%, seguida pelos Estados Unidos da América, 78%.

Confiança

Além da credibilidade, o levantamento da Korn/Ferry também apurou como anda a confiança dos executivos em suas lideranças. Novamente, o maior percentual foi verificado na América do Norte, 82%, seguida pela Ásia Pacífico (72%), Américas do Sul e Central (69%) e Europa (65%). Desta vez, a média global ficou em 72%.

Dentre os quesitos analisados pelos executivos para compor a avaliação de suas lideranças estão: habilidade estratégica, habilidade operacional, habilidade pessoal e interpessoal, coragem, energia e iniciativa, performance no gerenciamento financeiro e habilidade de posicionamento organizacional.

Para o presidente da Korn/Ferry Internacional na América do Sul, Sérgio Averbach, a confiança na liderança causa impactos diretos na satisfação dos colaboradores ."A confiança promove um ambiente de trabalho saudável, com mais satisfação e desenvolvimento tanto profissional quanto do negócio como um todo".

O estudo da Korn/Ferry ouviu 500 executivos de mais de dez países entre os meses de maio e agosto de 2009.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host