UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/01/2010 - 15h51

Retenção de talentos: diferença entre pequenas e grandes empresas

SÃO PAULO – A retenção de talentos pela empresa está associada diretamente aos desafios e às oportunidades de crescimento do profissional. Mas será que existe diferença entre a retenção de talentos em uma grande empresa e em uma pequena ou média?

De acordo com o consultor e sócio da Search Consultoria em Recursos Humanos, Flávio Staudohar, em uma empresa de grande porte, a retenção de talentos pode ocorrer por meio de promoção, inclusão do colaborador em novos projetos, possibilidade de viagens internacionais, entre outros incentivos, enquanto na pequena e média empresa a retenção é feita principalmente pela remuneração.

Como o profissional é avaliado

Existe diferença também na maneira como o profissional é analisado. Nas grandes companhias, este processo é feito pela aplicação de avaliação de desempenho, que mede as competências organizacionais e individuais.

“A avaliação de desempenho é feita pela autoavaliação, análise dos colegas, dos líderes e liderados, dos parceiros. São avaliados os resultados, o que o profissional agregou ao negócio”, afirmou Staudohar.

Já na empresa de pequeno porte, a pessoa é avaliada diariamente. O processo é menos formal, diferentemente do que ocorre nas grandes empresas. Segundo o consultor, esta análise só é possível porque o quadro de profissionais é menor.

Avaliações constantes

Para Staudohar, antes de a empresa iniciar seu processo de retenção de talentos, é necessário primeiramente definir o que é talento. Em seguida, se isso não for suficiente, deve fazer o processo de seleção de profissionais, para contratação de mais "talentos" fora da empresa. O principal é avaliar constantemente os colaboradores.

“Atualmente a dinâmica do mercado exige mudanças dos profissionais e da empresa. Se a pessoa foi identificada como talento não quer dizer que durará para sempre. A avaliação deve ser feita em cima de resultados das novas atividades feitas”, explicou Staudohar.

Diferença no trabalho

O consultor afirma que há vantagens em trabalhar tanto na grande empresa como na pequena e média. Na organização de pequeno porte, o profissional tem oportunidade de desenvolver diversas habilidades, pois atua em várias áreas, enquanto na grande empresa existe uma segmentação.

“A pequena empresa gera profissionais generalistas. Na grande empresa, o profissional deve aproveitar as oportunidades oferecidas de expansão na carreira e conhecer os processos e a ética da empresa”, disse Staudohar.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host