UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/01/2010 - 15h58

Quer uma vaga melhor no mercado de trabalho? Aprenda francês!

SÃO PAULO - O francês está entre as línguas mais faladas no mundo e também é uma das mais exigidas pelo mercado brasileiro, segundo o diretor Comercial e de Marketing da Aliança Francesa de São Paulo, Renato Vieira.

“A segunda ou terceira língua normalmente é definida de acordo com a preferência pessoal ou com a necessidade de trabalho”, afirmou Vieira.

Existem no País cerca de 600 empresas de língua francesa (de origem francesa, belga, canadense e suíça), que empregam direta e indiretamente cerca de 1 milhão de profissionais.

Setores

De acordo com o diretor, no Brasil, há setores em que a representatividade de empresas de língua francesa é considerável, o que mostra a necessidade da língua para o mercado.

A indústria naval, por exemplo, vem recebendo influência francesa. "Toda a construção de submarinos vai passar pelo acordo Brasil-França", disse o diretor. "Na área de varejo, fica bem evidente, porque temos um gigante chamado Carrefour", completou.

O segmento financeiro também se destaca com os bancos Société Générale e BNP Paribas. No setor automobilístico, existem as empresas Renault, Peugeot e Citroën.

Entre outros setores que também contam com empresas de língua francesa, estão o de infraestrutura, aviação e aeroespacial.

Cargos

Segundo Vieira, os profissionais que mais utilizam a língua francesa são dos gerente aos presidentes. “São nos níveis gerenciais que existem contatos com uma certa frequência com a matriz”, explicou Vieira.

Já em indústrias automobilísticas, os supervisores também precisam da língua francesa, porque têm de ler manuais e receber orientação técnicas, por exemplo.

Currículo e mercado

De acordo com o diretor, o domínio do idioma francês no currículo tem um peso, porque em geral o brasileiro não fala outros idiomas. No entanto, o peso varia de acordo com a empresa em que se vai trabalhar.

Os profissionais que mais precisam falar francês são aqueles que trabalham em empresas cuja a língua da matriz é a francesa

Segundo Vieira, como a relação entre a França e o Brasil está crescendo, está se exigindo mais que alguns escritórios de advocacia tenham profissionais que dominem a língua para facilitar o trabalho com contratos e negociações.

Francês

De acordo com Vieira, existem algumas semelhanças entre a língua portuguesa e a francesa, além disso, há muitas palavras francesas que estão incorporadas no vocabulário português.

“As línguas têm muitas coisas em comum, então isso facilita o aprendizado do aluno brasileiro em relação ao francês", afirmou o diretor. Entre as semelhanças das línguas, está a origem latina e a estrutura gramatical.

Ainda de acordo com Vieira, um aluno consegue ter conhecimento básico de francês em um ano, intermediário em dois e conhecimento avançado da língua em três anos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host