UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/02/2010 - 09h10

Em 2009, mais de um milhão de pessoas conseguiram emprego por sistema público

SÃO PAULO – Segundo levantamento realizado pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), mais de um milhão de profissionais conseguiram emprego por meio do Sine (Sistema Público de Emprego) em 2009.

Durante o período, o programa disponibilizou 2,7 milhões de postos de trabalho e contou com cerca de 6,2 milhões de pessoas inscritas para buscar uma nova oportunidade no mercado de trabalho.

Tanto o número de vagas quanto o de postos ocupados são superiores aos registrados no ano anterior, já que, em 2008, foram 2,5 milhões de vagas captadas e 1,076 milhão preenchidas.

Integração nacional e qualificação

De acordo com o MTE, uma das vantagens do programa é estar interligado com estados e municípios de todo o território nacional, o que representa maior descentralização e agilidade no processo de recolocação.

Para aumentar o número de pessoas contratas, o MTE investe na qualificação profissional dos trabalhadores sem ocupação ou beneficiários de políticas públicas de trabalho, de renda e sociais, para que sejam incluídos no mercado de maneira competitiva. No ano passado, 273.394 profissionais fizeram algum curso de qualificação profissional, contra 212.798 registrados em 2008.

Sobre o Sine

O Sine tem como coordenador e supervisor o MTE, por meio da Secretaria de Políticas de Emprego e Salário. Sua criação é fundamentada na convenção nº 88 da OIT (Organização Internacional do Trabalho), que trata da organização do serviço público de emprego, ratificada pelo Brasil.

O principal objetivo do programa é promover a intermediação da mão-de-obra, implantado agências de colocação em todo o País, além de organizar um sistema de informação sobre mercado de trabalho, identificar o profissional por meio da carteira de trabalho e previdência social.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host