UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/02/2010 - 13h59

Número de planejadores financeiros dobrou em nove anos em todo o mundo

SÃO PAULO - No final de 2009, foram registrados mais de 126 mil planejadores financeiros, com CFP (Certified Financial Planner), em todo o mundo. A certificação, que foi criada nos Estados Unidos, concede padrão internacional de conduta ética e responsabilidade na prestação de serviços de planejamento financeiro pessoal.

Desde 2000 até o ano passado, a quantidade total de pessoas com essa certificação mais que dobrou ao redor do mundo. O crescimento também foi percebido no número de organizações que adotaram a certificação, passando de 12 para 23.

“A certificação do CFP é atraente para os profissionais de planejamento financeiro devido à sua competência, ética e normas rigorosas, assim com sua reputação de excelência. Os profissionais CFP são comprometidos em colocar os interesses do cliente em primeiro lugar”, afirmou o presidente do FPSB (Financial Planning Standards Board), Stephen O´Connor.

Profissionais CFP brasileiros

A maioria dos profissionais CFP atua fora dos Estados Unidos. Na China e na Índia, por exemplo, houve crescimento de quase 80% no número de certificados em 2009.

Segundo o FPSB, no Brasil, o aumento desses profissionais foi de 28% durante o mesmo período, enquanto na Indonésia a alta foi de 41%. 

Como obter a certificação

Os profissionais certificados assumem o compromisso de se manterem atualizados constantemente em todas as áreas do processo de planejamento financeiro pessoal e de adotarem padrões de excelência no atendimento ao cliente.

Para obter esta certificação de CFP no Brasil, os candidatos devem cumprir requisitos estabelecidos pelo IBCPF (Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros).

Uma parte do processo de certificação é a realização do exame, que testa o conhecimento técnico do candidato sobre temas relativos ao planejamento financeiro pessoal.

Conhecimento teórico e experiência profissional

Os candidatos à certificação CFP devem ter conhecimento teórico do planejamento financeiro pessoal, por meio de formação superior ou cursos específicos em áreas que atendam ao padrão do IBCPF.

É necessário também ter no mínimo de 3 anos de experiência profissional em atividades relacionadas ao processo de planejamento financeiro pessoal, antes de receberem a certificação.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host