UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/03/2010 - 08h51

Aberta temporada de espetáculos para quem quer se divertir ou trabalhar

SÃO PAULO – Conhecida como um dos maiores pólos culturais brasileiros, a capital paulista dá a quem mora ou a quem vai passar nos próximos meses pela cidade a oportunidade de assistir a grandes espetáculos, famosos mundialmente. A cartela de opções é extensa e variada, contando com apresentações do Cirque Du Soleil e musicais, como Hairspray, que estreou no último dia 26 de fevereiro.

Entretanto, a oportunidade não se restringe apenas ao campo do lazer e ao enriquecimento cultural, pois, segundo especialistas, tais espetáculos podem significar trabalho a um número expressivo de pessoas.

Quidam, do Cirque Du Soleil, por exemplo, está contratando interessados em fazer parte de sua equipe durante a temporada em São Paulo. Ao todo, são cerca de 200 postos de trabalho distribuídos nas funções de atendente de bar, caixa, vendedor, ajudante de cozinha, cozinheiro bilíngue, estoquista, auxiliar administrativo e atendente de lavanderia.

Os salários, segundo informações da assessoria de imprensa da empresa ALLIS, responsável pela contratação, variam de R$ 800 a R$ 1 mil.

Musicais

Já os musicais, de acordo com o diretor da Dream Factory, Paulo Otávio Almeida, geram aproximadamente 300 postos de trabalho em um espetáculo de grande porte, enquanto que um de pequeno porte conta com algo em torno de 60 trabalhadores nos bastidores.

Cenógrafos, coreógrafos, músicos, iluminadores e operadores de máquinas estão entre as principais ocupações. Entretanto, segundo o diretor da Companhia Paulista de Teatro Musical, Pedro Bonzanini, também há oportunidades para costureiros, peruqueiros e administradores, sendo que estes últimos são responsáveis pela parte burocrática.

Nestes casos, segundo Almeida, os salários variam conforme a experiência do profissional, porém, alerta ele, “sobra muito glamour e pouco dinheiro no bolso, sendo que um operador de máquina em início de carreira, por exemplo, chega a ganhar cerca de três salários mínimos”.

Atores

No que diz respeito aos atores, os salários variam conforme a produção, podendo chegar, segundo Bonzanini, a R$ 30 mil mensais para o protagonista de um grande espetáculo a algo em torno de R$ 2 mil ou R$ 3 mil para quem trabalha na figuração.

Para aqueles que se interessaram em pleitear uma vaga, mesmo que de figurante, o diretor da Companhia Paulista de Teatro Musical avisa que os processos são concorridos e a rotina de trabalho é extensa, com apresentações de quarta a domingo, fora o período de ensaios.

Além disso, o investimento na carreira é alto, em torno de R$ 1.500 por mês para um curso de dois anos, sendo necessários bons cursos de dança, canto e interpretação.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host