UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/04/2010 - 13h30

Namoro no trabalho: antes de assumir, tenha certeza de que não é passageiro!

SÃO PAULO – É comum surgir o interesse por um colega de trabalho. Afinal, em muitos casos, os profissionais convivem mais tempo no emprego do que com familiares e amigos.

Para se ter uma ideia, um levantamento realizado pela instituição norte-americana Shere Hite apontou que, nos Estados Unidos, 42% dos entrevistados já tiveram algum relacionamento no trabalho. Desses, a metade se casou e 35% afirmaram esconder o namoro iniciado na empresa.

Mas, antes de assumir um relacionamento com colega, é necessário saber se não é passageiro. “O fato de gostar de alguém da empresa não significa estabelecer algo sério, por isso é preciso prestar atenção se o envolvimento não é passageiro”, alerta a pedagoga e diretora da agência de relacionamentos Par Ideal, Sheila Rigler.

Namorar o colega dá certo?

A especialista afirma ainda que os namoros nascidos no trabalho têm a mesma chance de dar certo do que quaisquer outros, assim como a chance de dar errado. Porém, as consequências podem ser um pouco piores se a relação com o outro profissional não vingar.

“Quando o relacionamento acaba, vêm os ressentimentos, as mágoas e as frustrações. Isso pode comprometer o rendimento no trabalho. Existem casos em que um opta por sair da empresa, justamente por não conseguir lidar com a presença do ex no mesmo ambiente”, diz Sheila.

Comportamento adequado

Mas, se der certo, ter um comportamento adequado é importante, até mesmo para evitar comentários maldosos. Os casais, segundo a pedagoga, devem ser discretos e não ficar com intimidades perto dos outros colegas.

"A postura dos parceiros em separar a vida profissional da pessoal é extremamente necessária para não colocar o emprego em risco", lembra Sheila.

Além disso, algumas empresas adotam algumas normas para relacionamento entre os profissionais. Uma delas é a permissão do namoro entre pessoas de departamento distintos. Caso haja interesse por alguém do mesmo setor, a empresa pode escolher um dos envolvidos para trabalhar em outra área.

Dicas para ter um bom relacionamento na empresa

Confira as dicas de Sheila para ter um bom relacionamento dentro da empresa:

  • Mantenha-se informado sobre a existência de uma política sobre envolvimentos amorosos;
  • Não troque beijos e abraços com a pessoa. Seja discreto quando for falar algo com o parceiro;
  • Use sempre o e-mail pessoal, se tiver interesse em mandar algo;
  • Em festa de final de ano, o casal deve interagir com outros funcionários;
  • Tenha o máximo de discrição possível no ambiente profissional.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host