UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/04/2010 - 11h11

Março se destaca na geração de empregos, inclusive para executivos

SÃO PAULO – Março se destacou na criação de empregos, sendo o mês mais positivo desde o começo do ano. Pesquisa realizada pela Ricardo Xavier Recursos Humanos apontou um aumento de 26,09% no total de vagas, em relação a fevereiro.

O setor de construção civil impulsionou o resultado, já que é responsável pela contratação de engenheiros, que se destacaram nas vagas criadas, com aumento de 33,58% no terceiro mês do ano, em relação ao mesmo período de 2009, e representatividade de 11%.

A área industrial foi destaque no mês passado com um aumento de 62,87% no número de vagas criadas. “Para andar junto com o cenário positivo no Brasil, os profissionais precisarão estar cada vez mais qualificados para suprir a demanda pelas vagas oferecidas”, afirmou o presidente da Ricardo Xavier, Hélio Terra.

A pesquisa da Ricardo Xavier é feita em São Paulo (capital, grande SP e interior), Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre e Salvador. Ela mostrou que, em março, 81% das vagas foram oferecidas por empresas brasileiras.

Executivos

Em março, os executivos também foram mais demandados, mostrou uma pesquisa da Right Management. O avanço foi de 17%, na comparação com fevereiro e, em relação ao mesmo período do ano passado, o aumento foi de 43%.

A indústria se destacou também, quando o assunto foi a geração de empregos para o alto escalão, com alta de 39%. Os maiores avanços ficaram por conta da construção civil (19%), automóveis/autopeças (12%), bens de consumo (11%) e metalurgia, siderurgia e fundição (8,5%).

No setor de serviços, que respondeu por 30% das oportunidades em março, os destaques foram para os segmentos de Tecnologia da Informação (36%), Serviços Especializados (19%) e Logística (12%).

De acordo com a diretora de Transição de Carreira da Right Management, Matilde Berna, o resultado já era esperado, porque o mercado respondeu positivamente nos últimos meses, reflexo de um cenário econômico positivo e mais estável, permitindo que as organizações invistam mais em contratações.

São Paulo é destaque

Dados do Ministério do Trabalho mostraram que, em março, foram criados 266.415 novos empregos no Brasil, o terceiro mês consecutivo de recorde na geração de empregos.

No estado de São Paulo, o emprego formal cresceu 1,15% no mês, com 125.189 postos. De janeiro a março, foram 257.010 novos postos e um aumento de 2,40%. “É muito importante registrar que o primeiro trimestre de São Paulo teve o melhor desempenho da região Sudeste e o melhor desempenho absoluto”, disse o ministro do Trabalho, Carlos Lupi.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host