UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/04/2010 - 15h55

Interessado na área de tecnologia? Palavra de ordem é integração!

SÃO PAULO – O profissional da área de tecnologia já deixou para trás aquela imagem de alienação ou de uma pessoa que prefere lidar com as máquinas. Ao contrário disso, hoje ele deve se integrar cada vez mais na empresa, com diversos setores.

“O profissional da área de tecnologia deve ser, antes de tudo, um empreendedor e entender como seu trabalho se encaixa nos objetivos da organização”, afirmou o consultor de sistemas, Fábio Gomes Ferreira, em artigo de sua autoria.

Além disso, o profissional da área deve ter características como vontade de aprender, curiosidade e humildade. Ele deve ser inovador. Mesmo quando trabalhar com produtos baseados em conceitos já consagrados, ele deve procurar um novo ângulo.

O profissional da área deve questionar qual a sua participação para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e qual a sua contribuição na preservação do meio ambiente.

Demanda

De acordo com Ferreira, a tecnologia é hoje uma das áreas mais desafiadoras para os jovens, que têm buscado a profissão.

“Com a popularização da computação no ambiente de trabalho, nas universidades e até mesmo nos lares, as barreiras com relação à tecnologia e às profissões a ela ligadas felizmente têm diminuído gradativamente. Basta verificar o número de alunos que têm se formado ano após ano pelas universidades de computação em relação às demais áreas do conhecimento”, disse.

Apesar da popularidade, as empresas sofrem com a falta de profissionais capacitados para ocupar as vagas abertas.

“A esperança de cada empresário do setor de tecnologia é que os jovens se interessem ainda mais pela área e que, logo mais, haja um bom contingente de boas cabeças pensantes trabalhando no segmento. Ganham as empresas, ganham os profissionais e ganha o Brasil, que já é reconhecido como um grande player de TI (Tecnologia da Informação) no mundo”.

 

 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host